Melando

A União Hospitalar Gratuita (UHG), por meio da sua fundação (FUHG), entrou com um pedido de impugnação do edital de chamamento público para a contratação de uma OS (Organização Social) para, futuramente, gerenciar o Hospital São João Batista. O pedido foi feito à Comissão Especial de Licitação da própria prefeitura de Volta Redonda – a direção da UHG afirma que o processo de extinção da FUHG (criada em 1980 e que é a proprietária do imóvel ocupado pelo HSJB, grifo nosso) está em andamento, e por isso, a entidade não pode participar de qualquer negociação envolvendo o nome da fundação.
Segundo a direção da UHG, o edital também não estaria contemplando uma série de compromissos que fazem parte do contrato de comodato do imóvel do HSJB com a prefeitura, que, destaca, está em vigor. A UHG também alega que o edital estaria cedendo os bens móveis do hospital para a OS, mas estes seriam de propriedade da fundação, e não poderiam ser cedidos.
A prefeitura foi procurada para comentar o pedido, mas só vai se pronunciar quando o Jurídico do Palácio 17 de Julho analisar a impugnação.

Deixe uma resposta