Grampos Barra Mansa

20708187_812641655560329_2204672494255620699_n

Índio – Hoje, sábado, 19, às 9 horas, Índio da Costa, pré-candidato ao governo do Estado, vai se reunir com o empresário Bruno Marini, pré-candidato a deputado estadual,  na sede da Associação Comercial de Barra Mansa. Os dois vão tratar da atual realidade da região e empossar os novos membros do PSD no município, que terá Bruno como presidente da executiva municipal do partido.

“Tenho muito carinho por essa região e uma coisa posso afirmar, é de empreendedores como o Bruno Marini que o Brasil precisa”, pontuou Índio. “É com grande satisfação que mais uma vez vamos nos reunir para tratar dos principais problemas que afligem a população e como vamos fazer para ajudar a resolvê-los. Índio é um político preparado, relator da ficha limpa, conectado, e está sempre trabalhando no combate à corrupção. É isso que a população está clamando, e é de pessoas assim que o nosso estado precisa”, pontuou Bruno.

 

Crédito Rural – O Sindicato Rural de Barra Mansa, em parceria com o programa Fazenda Legal da Federação da Agricultura do Estado do Rio de Janeiro, realiza na próxima terça, 22, uma palestra voltada para os pequenos, médios e demais produtores rurais da região. Com o tema ‘Crédito Rural’, o evento vai expandir os horizontes do agronegócio, abordando questões financeiras, bem como os passos que o produtor precisa conhecer para adquirir as chamadas linhas de crédito.

A palestra será do engenheiro agrônomo Carlos Necesio de Souza Santos. “O principal objetivo do encontro será discutir as linhas de crédito, os limites de cada linha, como acessá-las e o que pode ser financiado ou não. Abordaremos também, de uma maneira geral, o contexto da economia e as projeções para o agronegócio para o próximo ano safra 18/19”, revelou Carlos.

 

Crédito Rural (II) – De acordo com Adilson Delgado Rezende, presidente do Sindicato Rural de Barra Mansa, a palestra vai ajudar os proprietários rurais que buscam investimento para melhorar sua produtividade. “Para ampliar a sua capacidade de produção, o produtor precisa de investimento. E é por isso que o crédito rural existe. Mas as burocracias e exigências do processo costumavam afastar o produtor. Quem participar desse encontro vai conhecer as linhas de crédito disponíveis e também entender quais dessas linhas se adaptam melhor à sua realidade”, explicou, lembrando que a palestra será às 18 horas, na sede do Sindicato, à Rua Maria Luíza Gonzaga, 217, Ano Bom. Mais informações em (24) 3323-1139.

 

IPTU – A prefeitura de Barra Mansa lembra que o prazo da cota única do IPTU 2018 vence na próxima segunda, 21, mesma data do vencimento da primeira parcela para quem optar em dividir o pagamento do imposto em até oito vezes. O desconto é de 30% para quem pagar em cota única e de 15% para quem pagar as parcelas em dia. O pagamento deve ser feito nas Casas Lotéricas e a expectativa de arrecadação para parcela única é de R$ 9,5 milhões. Já a arrecadação das oito parcelas deve render cerca de R$ 5 milhões.

 

Rio (I) – O prefeito Rodrigo Drable e o coordenador do programa estadual Limpa Rio, Luiz Antônio Corrêa, participaram na terça, 15, do início da dragagem do Rio Barra Mansa, na altura da Boa Sorte. A intervenção é fruto de uma parceria entre a prefeitura e o Inea, com apoio do deputado estadual André Corrêa. Há mais de 20 anos, os moradores vêm sofrendo com as enchentes durante o período de chuvas entres os meses de dezembro e março.

 

Rio (II) – Segundo Rodrigo, a dragagem atingirá mais de três quilômetros de extensão do rio e deve durar cerca de quatro meses devido ao acúmulo de água e entulhos. Ele destacou a importância da limpeza para a comunidade. “Com o abandono do Rio Barra Mansa, nós acompanhamos o impacto negativo que a falta de limpeza causava na comunidade com constantes enchentes e perdas materiais. Precisávamos da colaboração da população para manter o rio limpo, mas também necessitávamos da infraestrutura necessária para realizar essa limpeza e com o programa Limpa Rio, mais uma vez isso será possível”, declarou, ressaltando que essa será a terceira intervenção do Limpa Rio no município: a primeira foi no Rio Turvo, em Amparo, e a segunda no Córrego Laranjeiras, na Vista Alegre.

 

Cultura – O prefeito Rodrigo Drable assinou na sexta, 11, o decreto nº 9156/2018 para regulamentar o Fundo Municipal de Cultura e, a partir de agora, Barra Mansa poderá arrecadar recursos para serem investidos em atividades culturais.

 

Maio Amarelo – Cerca de 50 alunos da Escola Municipal Geraldo Ozório Rodrigues, localizada na Vila Coringa, participaram na manhã de segunda, 14, na Avenida Joaquim Leite, da caminhada de abertura das atividades do Maio Amarelo, organizada pela Guarda Municipal de Barra Mansa. Durante a caminhada foram distribuídos informativos abordando cuidados elementares para evitar acidentes ao volante.

Em Barra Mansa, durante o ano de 2017 foram registrados 550 acidentes. Nestes primeiros meses de 2018, as ocorrências já chegam a 163 (até o dia 9), segundo fontes da Guarda Municipal.

As atividades do Maio Amarelo prosseguem amanhã, domingo, 20, com o 2º Passeio Ciclístico de Educação no Trânsito, a ser realizado no Calçadão Dama do Samba Paula de Jesus Francisco, no Centro, a partir das 8 horas. Na quarta, 23, às 9 e às 19 horas, será feita uma palestra sobre ‘Segurança no Trânsito’ nas sedes do Senai e do Sesi.

 

Vamos Sorrir – A secretaria de Saúde de Barra Mansa, em parceria com o Conselho Regional de Odontologia do Estado do Rio de Janeiro, realizou na manhã de sábado, 12, o projeto “Vamos Sorrir” na Praça da Liberdade, no Centro. O projeto busca chamar a atenção das crianças sobre a importância da escovação, com distribuição de kits de higiene bucal. Dentistas do CRO-RJ e da Rede ensinaram aos pequenos o modo de escovação correta.

Bate-boca (I) – O presidente da Câmara de Barra Mansa, Marcelo Cabeleireiro protagonizou mais um bate boca em público. Dessa vez foi com o também polêmico vereador Thiago Valério, que faz oposição ao governo. Acontece que Valério usou a Tribuna para criticar a devolução de verba economizada na última legislatura pela presidência da Casa. Segundo ele, os serviços internos da Casa estariam sucateados. “Eu quero saber dos outros vereadores se seus gabinetes estão funcionando bem. Porque o meu não está. Tem computador estragado, tem diminuição de folha e café”, criticou.

Bate-boca (II) – A crítica de Valério deixou Cabeleireiro literalmente bufando de raiva. Em resposta, o presidente disse que a devolução do dinheiro é em prol do município e acusou seu colega de prezar pelo luxo em detrimento da população. “A devolução é para que o governo possa estar viabilizando melhorias para nossos cidadões (sic). No ano passado, o dinheiro devolvido serviu para pagar salários atrasados da Susesp, cujos funcionários passam o dia inteiro cavando buraco. Vamos devolver mais dinheiro, sim! É mais importante pintar a Câmara ou ajudar a população que precisa de Educação e Saúde? Quer luxo, quer conforto, quer colocar foto sua em cada parede… É fácil reclamar de computador, impressora. Nós temos que trabalhar”, teorizou Cabeleireiro.

Por valar em Valério… – O vereador solicitou uma reunião extraordinária com o Conselho de Meio Ambiente de Barra Mansa. Ele, que representa a Câmara no Condema, não revelou o motivo da convocação, mas suspeita-se de que seja para tratar da denúncia veiculada pelo aQui na edição 1089 que trata do possível uso de verbas do Funcam (Fundo Municipal de Conservação Ambiental de Barra Mansa) – dinheiro oriundo principalmente do ICMS Verde – para pagar funcionários da prefeitura, o que é ilegal. Tem mais. Thiago Valério é autor de um Projeto de Lei que tenta manobrar a legislação, cujo texto, se aprovado pela Câmara, permitirá que o prefeito use essa verba destinada a projetos ambientais para pagar funcionários e até abastecer veículos da secretaria de Meio Ambiente.

Deixe uma resposta