Grampos Barra Mansa

01-02-17- Multirão e Limpeza da Futura Sede do CRAS- Paulo Dimas (1)

Getúlio Vargas – A secretaria de Assistência Social e Direitos Humanos da prefeitura de Barra Mansa começou na manhã de quarta, 1, a limpar e a fazer pequenos reparos no imóvel da Avenida Presidente Kennedy, 3.460, no Getúlio Vargas, onde funcionava a extinta Fábrica de Brinquedos do município. O local vai abrigar a unidade do Cras (Centro de Referência e Assistência Social) do bairro, que hoje está instalada em quatro garagens alugadas pelo valor de R$1.355,00/mês. Com a realocação da unidade, o município fará uma economia de R$ 16.260,00 por ano.

“Nos próximos dias, vamos realizar reparos nas redes elétrica e hidráulica e na estrutura física visando tornar o ambiente adequado para receber os equipamentos, que serão realocados da unidade alugada. Aqui, vamos oferecer os serviços de convivência e fortalecimento da família, por meio dos grupos de crianças, jovens e idosos, atendimento especializado de assistência social e psicológica, além do CAD-Único (Bolsa Família)”, ressaltou Ruth Cardoso, titular da pasta, destacando que todo material inservível será recolhido pelo Saae-BM.

16266085_1433315843345648_4714194895887307417_n

Fake – No domingo, 29, a jovem Deviane Costa postou uma análise bem irônica sobre os críticos de Rodrigo Drable, em especial um ‘fake’ que adora falar mal do atual prefeito de Barra Mansa. “Eu prefiro ter um prefeito YouTuber que gosta de trabalhar – chega cedo na prefeitura, trabalha duro e não admite em sua equipe quem assim também não o seja – do que ter um prefeito como o que foi a própria encarnação do lendário personagem mitológico ASPONE (assistente de p**** nenhuma, falastrão, enganador, mandante de fake, covarde, nó cego). Oremos pela nossa cidade, trabalhemos pela sua reconstrução. Não dêem ouvidos a fakes participadores dos esquemas Jonistas. Eu amo Barra Mansa e não o governo de A ou B”, pontuou, deixando claro que não estaria escrevendo apenas para defender Rodrigo Drable.  “Esqueçam o que se foi, não vivam no passado. Veja, estou fazendo uma coisa nova! Ela está surgindo! Vocês não a reconhecem? Até no deserto vou abrir um caminho e rios no ermo.” (Isaías 43, 18-19)”, completou.

Rodrigo Drable, como um verdadeiro YouTuber, aproveitou a postagem de Deviane e comentou a participação do Fake, ainda não identificado nas redes sociais. Mas o prefeito parece saber quem é.  “Olá Fake. Perdeu a boquinha!!! Que chato você ter que criar Fake hein!? Beijinho no ombro!!!” escreveu o prefeito, para desespero do Fake, não é mesmo?

 

Postinhos – Pelo menos uma barramansense não gostou do adjetivo ‘postinho’ usado por Rodrigo Drable para anunciar o fechamento dos PSFs. Foi Denise Gomes, que escreveu: “Prefeito, não dá pra chamar as Unidades de Saúde de postinhos…com td respeito!”, postou.

 

Postinhos – “É assim que boa parte da população conhece. A comunicação não se torna efetiva se me referir a UBS, USF, CF… Pouca gente diferencia, e percebemos isso em uma reunião com funcionários de outros setores da própria prefeitura. Não vejo isso como desrespeito ou desmerecimento da unidade”, explicou Rodrigo. Faz sentido.

 

Salários – Na terça, 31, o prefeito Rodrigo Drable usou as redes sociais para dar mais uma boa notícia, de que teria liberado o pagamento dos salários de janeiro aos servidores da Previbam que ganham até R$ 2 mil. “Todo recurso que recebemos está sendo utilizado para colocarmos os pagamentos em dia”, explicou. Em questão de minutos foi questionado por uma internauta que queria saber sobre os salários de dezembro dos professores da ativa que ganham acima de R$ 1.500,00.  “Assim que tivermos novas receitas, faremos o pagamento de mais uma faixa. A intenção é acabar todo o pagamento o mais rápido possível!”, respondeu o prefeito.

 

Extras – Logo depois, Rodrigo foi questionado sobre o pagamento das horas extras. O argumento que o prefeito usou, já divulgado pelo aQui, é que todas as horas extras estariam novamente sendo contabilizadas por suspeita de fraude na concessão. “Serão pagas as horas extras dentro do limite legal. Até duas horas por dia de trabalho. Identificamos faturamento de  de mais de 300 horas extras em um mês… esse tipo de coisa acabou!”, disparou Rodrigo.

 

OS (I) – Outra internauta aproveitou a presença ‘on line’ do prefeito no Facebook para fazer um pedido: “Rodrigo, paga pelo menos o salário de dezembro dos funcionários da OS Geração. Não temos culpa do que foi feito “por trás dos panos”. Somos apenas funcionários, também vítimas da ambição da última gestão. Temos casa e família para sustentar, as contas estão só acumulando. O senhor é um homem íntegro e inteligente, olhe por nós, por favor!!! Que Deus te abençoe!”, postou, de forma desesperada.

 

OS (II) – O pedido foi compartilhado por outra funcionária da Geração. “Sim, prefeito, nos pague de forma direta, parcelada, que haja um acordo, mas pelo amor de Deus temos compromissos a zelar. Somos apenas trabalhadores e estamos pagando alto pelo descompromisso (sic) da gestão anterior. Nos socorra. Acreditamos no seu trabalho”, sugeriu.

 

Rescisões – A postagem de Rodrigo foi visualizada por mais de 12 mil internautas. Muitos elogiando; dezenas pedindo; e poucos criticando. Só que os questionamentos continuaram. Pena que ficaram sem resposta por parte do prefeito ou de sua equipe. Foi o caso de um deles que desejava saber quando iria receber sua rescisão. Detalhe: estava há cinco meses sem receber. “Tô na torcida para que consiga resolver o pagamento dos servidores, pois assim não terá desculpas para não pagar a minha rescisão!”, escreveu.

 

Febre Amarela (I) – A fila da vacina contra a Febre Amarela, que o aQui mostrou na edição passada, voltou a ser vista na manhã de terça, 31. E aumentou, o que gerou dezenas de postagens na página do ‘Barra Mansa Inteirada’. “Alguém sabe me dizer por que população é essa na porta da secretaria de saúde às 4 da manhã? Uma fila enorme!!!”, indagou uma internauta. Isso às 5 horas.

 

Febre Amarela (II) – A explicação foi dada por uma mãe de duas crianças.  “Isto amiga é pra tentar tomar vacina. Eu teria que estar aí, mas como vou a esta hora com duas crianças que precisam tomar vacina. Tá difícil”, postou, para logo acrescentar: “Não posso pegar senha pros dois nem apresentando os cartões pra provar que são meus filhos. Tenho que levar junto de madrugada pra pegar senha. Meu esposo tem propriedade na área de foco (da febre) e não podemos ir porque podemos contrair a doença e ainda trazer pra nossa cidade”, relatou, mostrando estar bem consciente dos problemas que podem ser provocados. Para piorar, ela contou que durante a semana, perto de onde a família tem casa, em Além Paraíba, dois macaquinhos teriam sido encontrados mortos. “Ficamos muito próximos de Carmo que é outra cidade que está com surto” disse, referindo à febre amarela, doença que está atingindo várias cidades de Minas Gerais.

 

Febre Amarela (III) – O blogueiro Johnes Hebert Victal Evangelista, que trabalha para a prefeitura de Barra Mansa monitorando as redes sociais, usou o Facebook para dar uma sugestão para a questão da vacinação da população: “Na minha opinião, as senhas deveriam ser distribuídas às 15 horas de um dia e a vacinação no dia seguinte, porque somente desta forma as pessoas vão parar de madrugar na fila dos postos e todos conseguirão melhor se planejar. No entanto, há de convir que tamanho esforço está sendo efetivado para atender o máximo de gente possível”, escreveu, sugerindo e defendendo.

 

Febre Amarela (IV) – Os comentários provocaram uma barramansense, que lembrou do problema da falta de segurança na fila da vacinação. “Eu acho um absurdo ter que madrugar na fila para conseguir um direito que é de toda a população. Super errado e fora que chega a ser perigoso para todos que saem de suas casas na madrugada, correndo o risco de ser assaltados”, escreveu.

 

Rotativo (I) – A prefeitura de Barra Mansa alerta os motoristas que utilizam o estacionamento rotativo nas ruas da cidade que a empresa que explorava o serviço não pode mais cobrar ou multar quem quer que seja. A informação foi dada por Luis Furlani, secretário de Ordem Pública, ao anunciar que a prefeitura pretende implantar um novo sistema de parquímetros para gerenciar as 750 vagas existentes e que rendiam cerca de R$ 55 mil mensais, sendo que apenas R$ 6,5 eram repassados aos cofres municipais.   

 

Rotativo (II) – Ao saber que o contrato da empresa que explorava o rotativo já terminou e que a prefeitura vai implantar um novo modelo, um motorista ligou para a redação do aQui para sugerir a Furlani que aumente as vagas para idosos ou que faça como em Volta Redonda, onde os motoristas com cartão de idosos podem estacionar em qualquer vaga. “Barra Mansa tem mais de mil idosos cadastrados para pouco mais de 50 vagas de estacionamento existentes”, propôs. Fica a dica!        

 

IPTU – O novo Sistema de Gestão Tributária e de Emissão de Nota Fiscal Eletrônica do município de Barra Mansa já está em funcionamento. O sistema permite a emissão de vários documentos online, como a 2ª via do carnê do IPTU, débito com o município e a Nota Fiscal Eletrônica de Serviço. Ter acesso aos serviços eletrônicos é simples. Basta digitar no guia de navegação o endereço: spe.barramansa.rj.gov.br/nfse. Na sequência, o contribuinte será direcionado a um link, onde deve digitar a senha enviada pela Gerência de Fiscalização Fazendária da Prefeitura de Barra Mansa.

O contribuinte que não tiver recebido a senha deverá se encaminhar à gerência de Fiscalização Fazendária para informar dados atualizados da empresa e e-mail corporativo, entre 8 e 17 horas. O atendimento também poderá ser feito através dos telefones (24) 2106-3472/ 2104-3434/ 2106-3423 ou 2106-3412.

Deixe uma resposta