Grampos

posse Dacio_cor

Posse – O administrador de empresas Dacio Antonio Machado de Souza foi empossado na noite de quarta, 27, como venerável da Loja Maçônica União dos Templários de Volta Redonda. A posse festiva contou com a participação de cerca de 100 maçons de 17 diferentes lojas da região e do Estado, e ainda com a presença de Edimo Muniz Pinho, grão mestre do Grande Oriente do Brasil no Rio de Janeiro; de Luiz Carlos Costa, presidente da Assembleia Legislativa Maçônica, entre outros, além de três deputados estaduais da Ordem.

 

Acordo coletivo (I) – Na terça, 26, representantes da CSN e do Sindicato dos Metalúrgicos de Volta Redonda se reuniram para tratar da campanha salarial 2018/2019. O resultado não foi bom, tanto que os sindicalistas recusaram de pronto a proposta da empresa de reajustar os salários em 1,79% referente ao INPC. Pior. A ser aplicado apenas a partir de julho. Com o ‘não’, a CSN saiu da sala sem marcar uma data para uma nova rodada de negociação.

 

Acordo coletivo (II) – Para quem não sabe, os trabalhadores da CSN querem um aumento real de 8%, INPC pleno, cartão-alimentação de R$ 600,00, auxílio-creche para os trabalhadores homens (é sério?), cesta de Natal, equiparação salarial dos supervisores, plano de saúde e odontológico sem a participação dos empregados, dentre outros.

PLR – Trabalhadores da CSN que foram demitidos em 2017 receberão a PPR em setembro deste ano. O pagamento será em parcela única. Já os que foram demitidos em 2018 receberão em duas parcelas, sendo a primeira até o final de junho e a segunda, em setembro. O Sindicato alerta  que aqueles trabalhadores que não têm mais as contas bancárias usadas pela empresa para depósito de pagamento devem ligar para 3344-5000 e atualizar seus dados bancários.

 

Prorrogada – A Comissão Estadual de Controle Ambiental (Ceca) prorrogou a licença de operação da Usina Presidente Vargas por mais 90 dias. Foi a segunda prorrogação desde que a CSN foi notificada por órgãos ambientais estaduais, em dezembro de 2017, para que apresentasse um plano para eventual paralisação das atividades da UPV. O novo prazo é de 90 dias, a contar de 20 de junho.

 

Luto – Morreu Jacks Rabinovich, ex-Vicunha e ex-CSN. Ele morreu no sábado, 23, aos 87 anos, em São Paulo. 

 

Enquete – A Câmara dos Deputados está fazendo uma enquete sobre o Projeto de Lei 9.139/2017, que altera a categoria e amplia a Arie (Área de Relevante Interesse Ecológico) Floresta da Cicuta de 131 para 695 hectares. Para participar é simples: basta acessar o site da Câmara e responder se concorda ou não com o PL. Os ambientalistas defendem que se a área de relevância ficar maior, mais partes da Cicuta receberão atenção do Poder Público. A CSN, é claro, discorda.

 

13º – Em entrevista a Betinho Albertassi, da Rádio 88FM, o prefeito Samuca Silva disse que não tem previsão para pagar o 13º salário de 2018. E que sua prioridade será garantir o salário do mês. Vale lembrar que, segundo a lei, ele tem até novembro para pagar a primeira parcela.

 

Xixi (I) – Os jogos do Brasil, como sempre, atraem grande público a locais onde donos de bares e restaurantes colocam telões para todos assistirem as partidas. A Colina é um deles. Na quarta, 27, a pracinha do bairro ficou lotada. Pena que os organizadores não tenham atentado para um pequeno grande problema. Não havia espaço para a garotada extravasar a cerveja consumida ao longo do dia. Resultado: a banca de jornais virou banheiro para os mijões sem vergonha.

 

Xixi (II) – Para segunda, 2, quando o Brasil voltará a campo para disputar mais uma partida da Copa do Mundo, é bom que os donos de bares da Colina aluguem banheiros químicos para que os mijões façam suas necessidades em local apropriado.        

 

Fla x Flu – Na manhã de quinta, 28, em um programa de rádio da cidade do aço, o ex-prefeito Neto teria feito, segundo revela uma fonte, o seguinte comentário: “Eu vou voltar a ser prefeito de Volta Redonda na próxima eleição”. Se for verdade, estará antecipando o duelo contra Samuca que, obviamente, deverá ser candidato à reeleição em 2020. A fonte, que ocupa uma sala no Palácio 17 de Julho, também não deixou por menos e analisou o comentário de Neto da seguinte forma: “Ele está antecipando o Fla x Flu de 2020”, disse.

 

2020 – Pensando em termos de futebol, o certo seria dizer que ele estaria antecipando um jogo do Flamengo contra o Volta Redonda, afinal Samuca é flamenguista e Neto é tricolor do aço.

 

Voltaço – Por falar em Volta Redonda, o prefeito Samuca Silva está bem propenso a aceitar o convite de um grupo ligado ao Voltaço e participar mais efetivamente da eleição do clube. Se topar, ele e Neto vão se enfrentar também nos bastidores da política do clube.   

 

Sabia disso? – A entrega dos prêmios Dandara e Zumbi dos Palmares, que aconteceu na noite do último dia 19, contou com a participação do prefeito Samuca Silva. Na festa, em comemoração ao 28º aniversário do Memorial Zumbi dos Palmares, na Vila, 14 pessoas foram homenageadas por se destacarem na defesa da cultura afro ou na preservação da memória ancestral. “Pessoas que foram e são referências na cultura afro de Volta Redonda precisam sempre ser lembradas. A memória das lutas jamais pode ser esquecida pela população. E o prêmio tem a função de relembrar essas personalidades. Fico feliz também que a população tem um local (Memorial Zumbi) para utilizar e valorizar a cultura afro”, afirmou Samuca. Faz sentido. Para quem não sabe, Samuca Silva é neto de índio.

 

Voltando – Dalbone, o comandante afastado da GM, está sendo preparado para reassumir seu posto. As férias ‘forçadas’ que ele foi obrigado a cumprir – depois do polêmico vídeo que postou nas redes sociais – acabaram no último dia 20.   

 

Rotatória – A prefeitura de Volta Redonda já decidiu onde será construída a rotatória da Avenida dos Metalúrgicos, necessária para quando o novo shopping entrar em operação. Detalhe: o local exato está sendo mantido em segredo.

 

Provisório – A única coisa que o Palácio 17 de Julho diz a respeito é que para a inauguração do Park Sul, prevista para outubro, a saída será adotar uma ‘solução provisória’. “A prefeitura vai implantar um paliativo (a rotatória, grifo nosso) na entrada do bairro Vivendas”, diz uma fonte. “Posteriormente será aprovado um grande projeto”, acrescenta. Será?     

 

Perguntar não ofende… – Quando é que Samuca vai cumprir a promessa que fez nas eleições de construir um novo cemitério municipal? Só pra lembrar: Neto prometeu a mesma coisa e não cumpriu. Acorda, Samuca, afinal o cemitério do Retiro não tem vaga nem para zumbis!

 

‘Mais Presente’ – A segunda edição do “Prefeitura Mais Presente” está marcada para o próximo dia 28 de julho, um sábado, no Colégio Fernando de Noronha, na Vila Brasília. A ideia é levar os serviços prestados pela prefeitura também aos moradores do Belo Horizonte, Mariana Torres, Eldorado, Coqueiros, Fazendinha, Vale Verde, Verde Vale e Bom Jesus. Estima-se que existam 50 mil pessoas na região.

 

Carteira de deficientes – O Detran já está emitindo a Carteira de Identificação para ‘Pessoas com Deficiência’. Ela é similar à documentação original. A diferença é que sobre a foto há a expressão Pessoa com Deficiência. Junto com a carteira, o usuário receberá um crachá de identificação. O agendamento pode ser feito pelo site www.detran.rj.gov.br ou pelo tele atendimento 3460-4040 (Região Metropolitana) 0800-020-4040 (Interior).

 

Evento – O Solidariedade realizou na noite de segunda, 25, um evento com os pré-candidatos do partido no Clube Náutico, no Aterrado, e atraiu mais de mil pessoas, a grande maioria formada por apoiadores dos pré-candidatos Samuquinha e Maycon Abrantes.

 

Nuvem – O prefeito Samuca Silva participou do encontro e destacou a importância da renovação na política, principalmente com pessoas comprometidas com a gestão eficiente (a dele) e o respeito ao dinheiro público. “Estamos conseguindo realizar essa mudança em Volta Redonda. Quando assumimos, havia uma grande nuvem negra sobre a cidade e, com gestão, estamos conseguindo afastar essa nuvem”, disse. Para quem sabe ler…

 

Cutucada – Aliás, o prefeito Samuca Silva deu outra indireta ao comentar sua dupla vitória como prefeito empreendedor. “Enquanto algumas pessoas pensam apenas no poder, nós pensamos na cidade”, disparou.

 

Viagem – Samuca, além de uma placa e troféus, ainda recebeu como prêmio do Prefeito Empreendedor uma viagem para o Vale do Silício, nos Estados Unidos. O local é a capital das empresas de tecnologia. O objetivo é realizar um intercâmbio de ideias. Os custos serão pagos pelo governo federal.

 

Prefeito – Por falar na festa do Prefeito Empreendedor, Samuca, que foi o grande vencedor da competição, ouviu diversos elogios sobre a gestão pública na cidade. “Volta Redonda hoje é uma referência de gestão e incentivo aos pequenos e médios negócios”, disse uma das diretoras do evento.

 

Campanha – A eleição de outubro de 2018 já está pegando fogo, pelo menos nos bastidores. O Tribunal Regional Eleitoral (TER-RJ) começou a receber diversos dossiês de pré-candidatos, principalmente os que já estão antecipando a eleição. Os pedidos dos advogados são de multas e até cassação de registro de candidatura. O bicho vai pegar!

 

Semestre – A regulamentação dos aplicativos de transporte de passageiros – como o Uber – só será votada pela Câmara de Volta Redonda no segundo semestre. O projeto – enviado por Samuca – está dormindo em berço esplendido.

 

Exclusivo – Volta Redonda vai ganhar um Parque Municipal, com espaços para corrida e lazer, na entrada da cidade. O melhor: de graça. O parque será construído pela iniciativa privada.  

 

Revolta (I) – Os professores de Volta Redonda e Barra Mansa estão fulos da vida. Não é para menos. Na cidade do aço, por exemplo, as escolas funcionarão na segunda, dia do jogo do Brasil contra o México, até as 10 horas no primeiro turno. Os alunos da tarde e da noite, sortudos, ficarão ‘curtindo’ o feriado futebolístico. Já na terra de Rodrigo Drable, o horário da manhã será das 7 às 9h30min. À tarde, as aulas serão retomadas a partir das 14h30min. 

 

Revolta – A reclamação parte mais dos professores que moram longe, em outras cidades. E eles têm razão. Mesmo que saiam exatamente no horário determinado pelas duas prefeituras, eles vão correr o risco de não conseguir chegar em casa a tempo da partida. “Além disso, tem sempre aquelas crianças que os pais demoram para buscar. Se bobear, vai ter professor preso na escola até às 11 horas e vai perder o jogo”, previu uma professora. Ao ser questionada pelo sindicato, a secretaria de Educação de Volta Redonda disse que o horário estipulado teria sido feito de comum acordo entre a secretaria e as diretoras. Há controvérsia.

 

Revolta (II) – A determinação de trabalhar até às 9h3min e às 10 horas no dia do jogo do Brasil – servirá apenas para o pessoal da Educação. Tanto em Volta Redonda quanto em Barra Mansa na próxima segunda, por conta do jogo, será ponto facultativo nas repartições públicas das duas cidades.

 

Nota – A secretaria de Administração de Volta Redonda soltou nota oficial dando conta que o recadastramento do funcionalismo, criado para identificar falhas e regularizar a folha de pagamento, apresentou inconsistência no banco de dados. De acordo com os técnicos, o problema ocorreu por causa do grande número de documentos inseridos no sistema. Em função dessas inconsistências, a folha de pagamento, que já estava programada antecipadamente para ser creditada ontem, sexta, 29, poderia não ocorrer.

 

Nota (II) – De acordo com o secretário de Administração Carlos Baia, todos os esforços estavam sendo realizados para que o problema fosse regularizado com segurança o quanto antes. “Acreditamos que entre segunda e quarta, tudo já esteja normalizado e a folha seja creditada por completo” explicou Baia. A chiadeira será grande. 

 

Nota (III) – Só que no final da tarde de ontem, sexta, 29, a secretaria de Administração soltou mais uma nota para informar que a folha de pagamento já teria sido encaminhada para  a rede bancária. “Os créditos ocorrerão de acordo com o sistema da caixa”, ressaltou.

 

Patriotas – O vereador Sidney Dinho tomou posse na segunda, 25, como presidente municipal do Patriotas. O evento contou com a presença do prefeito Samuca Silva.

“Esse partido, o antigo PEN, me acolheu. E agora, como presidente da legenda, tenho uma missão e muita responsabilidade. Estou à disposição e trabalhando muito por nossa cidade e região”, disse Dinho. A missão, pelo visto, é sair como pré-candidato a deputado estadual pela legenda.

 

Patriotas (II) – O presidente estadual do partido, o deputado federal Walney Rocha, endossou a missão de Dinho, que é policial militar aposentado. “Somente com um partido forte é que vamos reverter esse jogo”, disse em especificar o que seria o jogo. Depois deu uma pista: “Obrigado por ter aceitado esse desafio, Dinho. Somos um partido novo, mas vamos contribuir ainda mais para o Brasil”, avaliou.

 

Patriotas (III) – Ainda filiado ao Podemos, Samuca elogiou Dinho, que chegou a ser aliado de Neto. “Temos a missão, todos nós políticos, de reconstruir nosso País e nosso Estado. É um momento delicado que precisamos de todos. Vir aqui na posse do pré-candidato Dinho a Alerj representa a maturidade de nossa Câmara em ter um representante de nossa cidade. Ninguém governa sozinho, importante estarmos atentos a isto”, pontuou.  

 

Romário – O senador Romário, presidente estadual do Podemos, está com uma agenda recheada por cumprir em várias cidades do Sul Flumi-nense, como em Volta Redonda onde chegou na noite de quinta, 28. Pré-candidato à sucessão de Pezão, o baixinho vai visitar entidades que atendem pessoas com deficiência, participará de uma partida beneficente, que contará com a presença de Bebeto, também ex-jogador. As visitas estão programadas para Valença, Barra do Piraí, Quatis, Itatiaia, Resende e Porto Real.

Preconceito (I) – Um casal de jovens negros de Volta Redonda postou um vídeo nas redes sociais denunciando um caso de racismo em plena luz do dia. É que um homem teria passado por eles, próximo da Rodoviária Francisco Torres, e teria gritado: “Lugar de preto se não for na África, é enjaulado”, denunciaram. Indignados, os jovens afirmaram no vídeo que outro homem, que também passava pelo local, disse para eles “não ligarem”. Um absurdo.

 

Preconceito (II) – E nestes tempos de intolerância, nem a Policia Militar escapa do preconceito. É que um policial, fardado, foi impedido de entrar no colégio da própria filha, quando levava a menina para a aula. A direção da escola, segundo ele, teria alegado que a farda e a arma que ele portava poderiam “assustar” as crianças. Chegaram a pedir que ele deixasse a arma no carro, ao que o policial respondeu que, se ela fosse roubada, ele responderia a um processo administrativo.

 

Preconceito (III) – O PM teria registrado a ocorrência na 90ª DP sobre o fato, alegando discriminação. Detalhe: ele faz parte de um programa da Polícia Militar justamente para tentar aproximar os policiais da comunidade escolar. Vai ser difícil, não é mesmo?

Deixe uma resposta