Grampos

Briga de família – Os primos do presidente da CSN, Benjamin Steinbruch, Clarice e Léo Steinbruch poderão entrar com uma liminar para que seus direitos políticos nas holdings que controlam os negócios da família sejam restabelecidos em caráter de urgência. Os dois já deram entrada na Justiça em uma ação contra Benjamin e seus irmãos, Ricardo e Elizabeth, para que seja respeitado o acordo de acionistas, vigente desde 1994, firmado entre Mendel e Eliezer Steinbruch, pai e tio de Benjamin, respectivamente.

 

Facultativo – Na noite de terça, 27, o aQui anunciou com exclusividade, pelo Facebook, que o prefeito Samuca Silva iria antecipar o pagamento dos funcionários públicos de Volta Redonda. “Um presente de Páscoa”, brincou. A medida, é claro, agradou à maioria dos servidores, afinal, com dinheiro no bolso, todos poderiam aproveitar melhor o santo feriado de ontem, sexta, 30.

 

Pedidos – Muitos servidores, entretanto, usaram o Facebook do aQui para pedir que Samuca decretasse ponto facultativo na quinta, 29. Isso não aconteceu. Todos tiveram que trabalhar normalmente. 

 

Precatórios (I) – A antecipação do salário de março aos servidores teve dois motivos: deixar todo mundo com dinheiro no bolso; o segundo, estratégico, foi evitar que o saldo bancário da prefeitura de Volta Redonda fosse zerado na manhã de quarta, 28, último dia útil do Poder Judiciário antes da Páscoa, por conta de uma possível e esperada Ação Judicial envolvendo o pagamento dos precatórios devidos pelo Palácio 17 de Julho.

 

Precatórios (II) – Como se sabe, o pagamento dos salários do mês de fevereiro só foi possível porque a prefeitura conseguiu judicialmente a liberação do dinheiro com a promessa de que até o dia 28 de março seria dada uma solução para o pagamento dos precatórios como exigia a Justiça. Para que o dinheiro não fosse arrestado para os precatórios, Samuca fez bem em mandar antecipar o pagamento dos salários dos mais de 11 mil servidores municipais. 

 

PCCS – Além de uma solução para o caso dos precatórios, a equipe jurídica de Samuca está envolvida com o pagamento do PCCS. Houve até quem entendesse a antecipação dos salários por conta de a Justiça mandar fazer um bloqueio do saldo disponível nas contas do Palácio 17 de Julho para poder liberar o dinheiro do PCCS a quem de direito. Era boato.

 

Barra Mansa – Enquanto Samuca não dava mole para os servidores públicos, o prefeito de Barra Mansa, Rodrigo Drable, decidiu decretar ponto facultativo na quinta, 29. Quis economizar no cafezinho, na água, na luz. Para passar o feriadão de quinta a domingo, os servidores de Barra Mansa também receberam os salários de março antes de viajar para o Perequê.    

 

Escola (I) – As aulas na Escola Marizinha Felix, que foi atingida pelas chuvas que caíram em Volta Redonda no dia 16, voltaram na segunda, 26. A unidade passou por melhorias, como a troca do telhado e das redes elétrica e hidráulica, que foram completamente refeitas para receber os alunos.  

 

Escola (II) – O prefeito Samuca Silva acompanhou a reforma da escola e contou que está tentando viabilizar uma reforma geral na Escola Marizinha Félix. “A reforma emergencial foi feita, mas esse é só o primeiro passo para a revitalização de toda a escola. O projeto ficou em mais de R$ 8 milhões, por isso pedi que ele fosse desmembrado por etapas. Agora, IPPU e SME irão discutir com diretores e professores quais as prioridades”,  finalizou.

 

Calote (I) – O presidente da Caixa Econômica Federal, Gilberto Occhi, anunciou que as portas do ‘bancão’ estão abertas para a renegociação da dívida da CSN. O banco é um dos principais credores da siderúrgica, ao lado do Banco do Brasil. Juntas, as instituições têm quase metade da dívida da CSN. “Estamos dispostos a discutir, analisar e fazer o melhor com a CSN”, disse o presidente da Caixa, sem detalhar as condições que podem ser oferecidas à empresa.

 

Calote (II) – Queremos ver Occhi oferecer o mesmo para os pequenos e médios empresários… A estes, as portas da CEF estão sempre fechadas.

 

DUT (I) – Desde quarta, 28, o Detran, em parceria com todos os cartórios do estado do Rio, implantou o DUT eletrônico, um sistema de comunicação online, pelo qual o cartório avisa da transferência em tempo real ao Detran. A medida dá ao vendedor a garantia de que não será responsabilizado por infrações cometidas após a data da comunicação eletrônica da transferência.

 

DUT (II) – O DUT eletrônico vai assegurar ao comprador que multas anteriores à negociação não sejam de sua responsabilidade. Em 2017, 887.579 pessoas registraram a transferência do veículo. Dessas, somente 113.690 fizeram comunicação de venda.

2018-03-28-PHOTO-00000530

Coisa de roça (I) – Não se sabe qual foi o gaiato, mas alguém sugeriu – e mal – ao prefeito Samuca Silva que liberasse os postes das ruas da Vila Santa Cecília, área nobre de Volta Redonda, para a instalação de um sistema de som (alto-falantes), que passou a infernizar os ouvidos dos voltarredondenses com ‘propaganda e músicas de péssimo gosto’. “A Vila ficou igual a uma cidade da roça”, avaliou um dos empresários do bairro, que tem um dos metros quadrados mais caros da cidade do aço.

 

Coisa de roça (II) – Nas redes sociais, o estilo roceiro da Vila não agradou a ninguém. Para piorar, muitos lembraram que só em Volta Redonda é que existem absurdos como o de permitir o uso de carros (as famosos pererecas), bicicletas, e agora, postes de som. “Há poluição e mau gosto”, avaliou outro empresário, lembrando que o som estava tão alto na noite de terça, 28, que nem a novela seus clientes do restaurante puderam ouvir. Avisado das queixas generalizadas contra os carros, bicicletas e postes de som, o prefeito Samuca Silva prometeu estudar o assunto.

 

Mudanças – Marcelo Cunha Ribeiro é o novo diretor de Finanças da CSN, no lugar de David Salama, que passa a responder pela área de seguros, crédito e patrimônio.

CSN

Explosão – Uma explosão na Aciaria da CSN, na terça, 27, deixou três operários feridos, assustou moradores do entorno e os próprios operários que trabalhavam na UPV. A grande fumaça que subiu da explosão chamou a atenção até de quem mora nos bairros mais distantes da usina. Os três operários feridos foram encaminhados para o (ainda) Hospital Vita, sem gravidade. Segundo o aQui apurou, um deles teve aumento na pressão arterial devido ao susto, outro apresentou uma torção no pé e o terceiro, deu entrada no hospital com problemas respiratórios. Ninguém se feriu gravemente.  

 

Explosão (II) – Houve queda de energia na usina, devido ao desprendimento de uma tampa (gigante) do conversor da aciaria. Também foi registrado um princípio de incêndio, que foi controlado pela brigada interna. Em nota encaminhada à imprensa, a direção da CSN confirmou o acidente e disse que ele ocorreu por volta das 18h20min, devido a uma forte reação durante o carregamento de sucata do Conversor C da Aciaria de Aços Planos. Com o impacto, ocorreu o estrondo e fuga de particulados pelo lanternim. A empresa informou ainda que as equipes técnicas da siderúrgica estão analisando as possíveis causas desse acidente e que assim que tiver um relatório conclusivo, comunicará ao Inea. Na nota, a empresa não fala de feridos e disse apenas que o acidente não impactou a produção da UPV. 

 

Saindo – Na segunda, 2, quando os funcionários do Palácio 17 de Julho retornarem ao batente já não terão mais como colegas de serviço dois dos mais importantes assessores do prefeito Samuca Silva: Samuquinha e Maycon Abrantes que saíram para poderem se candidatar a deputado estadual e federal, respectivamente.

 

Saindo (II) – Como é vice-prefeito eleito, Maycon poderá até andar pelos corredores palacianos, mas não poderá fazer política. Nem pedir votos, é claro.

 

Smac – Até o fechamento desta edição, na quinta, 29, Samuca ainda não tinha decidido quem vai convidar para assumir a poderosa Secretaria de Ação Social do seu governo. Sua escolha pode surpreender muita gente…

 

Carinho (I) – Se na primeira inauguração do Hospital Regional – em 2016, no final do governo Neto –, o prefeito Samuca Silva sequer foi convidado, no evento de quinta, 29, ele foi um dos destaques. Como anfitrião, ficou ao lado do governador Pezão no palanque. Com direito a cenas de carinho explícito. No seu discurso, Samuca lembrou do “dia especial” que era aquele, por causa do aniversário de Pezão.

 

Carinho (II) – Samuca destacou ainda o “carinho e cuidado” do governador com a população de Volta Redonda, por conta da liberação da Rodovia do Contorno e do Hospital Regional. Foi aplaudido.     

 

Flagra – Pouco antes, no palanque, Pezão e Samuca conversavam e o governador chegou a ajeitar o broche de Volta Redonda que o prefeito carregava na lapela. Quando perceberam que estavam sendo fotografados,  fizeram cara de sérios. Samuca fez até bico. Que isso gente, o amor é lindo!

 

Churrasco – Aliás, Samuca também lembrou que foi construída “uma churrasqueira” (o hospital) no quintal dele. “Mas quem vai bancar o churrasco são os convidados, no caso, o governo do Estado”. E a cerveja, quem vai pagar?

 

Quintal – Pezão lembrou a Samuca que, na verdade, o quintal era dele. “O terreno onde foi construída essa churrasqueira era de Piraí, eu que cedi para Volta Redonda”, disse Pezão, confirmando a história com o ex-prefeito Neto, que estava próximo.

 

Próximos – Falando em Neto, a festa estava tão cheia de integrantes do governo do ex-prefeito que parecia mais com algumas reuniões de secretariado. “Principalmente em dias assim, na véspera de feriado”, pontuou um gaiato. Que maldade.

Deixe uma resposta