sexta-feira, novembro 26, 2021

Grampos

WhatsApp Image 2017-09-29 at 11.18.41

Homenagem – Vários jornalistas de Volta Redonda e da região foram homenageados pela Câmara na noite de terça, 26, com a Medalha de Mérito Jornalista Dicler Simões. Entre eles, Paolla Gilson, jornalista do aQui, homenageada pelo vereador Edson Quinto (PR).

Contorno (I) – A retomada das obras da Rodovia do Contorno, na manhã de segunda, 25 apesar da importância do fato, não teve discurso. E olha que atraiu bons oradores, como o prefeito Samuca Silva e os deputados estaduais Edson Albertassi e Gotardo Netto, além dos vereadores Fernando Martins e Carlinhos Santana. 

 

Contorno (II) – Como ninguém falou – só deram entrevistas –, o evento foi rápido, bem rápido: durou apenas 20 minutos, sendo que começou com um pequeno atraso. O deputado estadual Edson Albertassi foi um dos primeiros a chegar (viva!) e o último a sair. Foi recompensado: é que a equipe da TV Rio Sul chegou quando a cerimônia já tinha acabado. Coube a Albertassi falar em nome de todos. Saiu todo satisfeito.

 

Contorno (III) – Samuca Silva em conversa com o aQui lembrou que há 20 anos tinha por hábito usar a área onde a Rodovia do Contorno está sendo concluída para soltar pipas. Mostra que teve infância.

 

Esperto – Cláudio Menchise, um dos diretores da Faculdade Sul Fluminense, era um dos estranhos no ninho no trevo do Santo Agostinho de acesso à Rodovia do Contorno. Motivo: estava lá para fazer pedidos tanto para Samuca quanto para Albertassi. Aproveitou bem os momentos de conversa ao pé de ouvido. Segundo uma fonte, os pedidos do executivo estão relacionados à criação de um curso de engenharia na Fasf.

 

Atrasado (I) – O deputado estadual Gotardo Neto foi um dos últimos a chegar ao ponto de encontro do trevo do Santo Agostinho. Chegou a tempo de caminhar ao lado de Samuca e Albertassi, entre outros. E de aparecer nas fotos para a posteridade, é claro. Albertassi, por exemplo, não perdeu a chance de brincar quando Gotardo chegou. “Veio só para a fotografia?”, perguntou, rindo, enquanto se dirigia ao colega do Parlamento. Gotardo respondeu: “Quero ver se essa obra sai mesmo!”, retrucou também em forma de brincadeira. Foi o bastante para Albertassi devolver na mesma moeda: “Assim não vou te ajudar a se reeleger”, disparou. É mole?

 

Futuro – Enquanto caminhavam, lado a lado, Samuca, Albertassi, Gotardo e José Iran (secretário estadual de Obras) brincavam querendo saber onde cada um estaria daqui a 50 anos, em 2067.  “Essa foto vai entrar para a história”, pontuou Al-bertassi. Ah, nenhum dos quatro arriscou fazer um prognóstico.

 

São Pedro – Nas entrevistas, Samuca, José Iran e Albertassi tinham um pedido em comum… a São Pedro. “Se não chover, vamos inaugurar em novembro”, disparou José Iran.

Gabando-se – O vereador Carlinhos Santana, ligado à classe metalúrgica, fazia questão de dizer a todos que tinha ido a São Paulo para participar da reunião do seu partido, o Solidariedade (SD). Detalhe: como Geraldo Alckmin estava presente, pediu ao governador de São Paulo para tirar uma foto dele, que postou em sua página do Facebook. Ao justificar a tietagem, Santana foi bem claro: “O prefeito (Samuca) tirou uma foto com o prefeito de São Paulo; eu tirei com o governador”, comparou. Vai vendo…

 

Na rua – Por falar em Carlinhos Santana, o ex-metalúrgico, agora parlamentar por Volta Redonda, teve seu nome indicado como pré-candidato a deputado federal pelo SD (Solidariedade), legenda que é comandada por Paulinho da Força.

 

Cohab (I) – As novas instalações da Cohab-VR foram entregues por Samuca Silva na tarde de segunda, 25. E o prefeito aproveitou para participar de uma reunião com os funcionários da companhia para explicar a necessidade da mudança de local, que não tinha agradado aos servidores. Segundo Samuca, a mudança gerou uma economia de R$ 50 mil por ano aos cofres públicos. Agora, a autarquia está instalada no antigo prédio da secretaria de Serviços Públicos, na Avenida Ministro Salgado Filho, no Aero Clube.

 

Rio Paraíba – O MPF expediu recomendação à secretaria de Vigilância em Saúde (SVS) no Ministério da Saúde, assim como à Agência Nacional de Águas (ANA) e ao Instituto Estadual do Ambiente (Inea), para que realizem uma análise mais profunda da qualidade de água do Rio Paraíba do Sul destinada ao abastecimento público. O diagnóstico rotineiro hoje é considerado incompleto, pois é feito sem o exame do Índice de Substâncias Tóxicas Organolépticas, o Isto, que trata da poluição química da água.

 

Barrigada (I) – A máxima de que a justiça tarda, mas não falha se mostrou completamente contraditória com a última decisão judicial envolvendo a ação de reintegração de posse contra o Clube do Laranjal. A ação, conforme publicado no Diário de Justiça Eletrônico do Estado do Rio de Janeiro (DJERJ) do dia 21 de setembro, não está para ser extinta. O erro foi cometido pelo cartório da 6ª Vara Civil, onde o processo tramita desde 2014, e corrigido depois que o aQui publicou a decisão com exclusividade em sua última edição.

Barrigada (II) – Segundo publicação do DJERJ, como o processo de reintegração de posse, movido pela CSN contra o Clube do Laranjal, não teve nenhuma movimentação cartorária nos últimos 30 dias, a Justiça decidiu por sua extinção. Antes de arquivá-lo, porém, concedeu um prazo de cinco dias úteis à CSN, para que a mesma se manifestasse sobre a extinção. A decisão, claro, causou surpresa. “O cartório errou e acabou induzindo o jornal ao erro. Ele deveria devolver o processo ao juiz concluso para sentença, mas equivocou-se e intimou o autor a dar andamento ao processo sob pena de extingui-lo”, explicou uma fonte ligada à CSN.

 

Barrigada (III) – De acordo com a fonte, a empresa já teria entrado com uma petição na 6ª Vara pedindo a correção. Segundo apurou o aQui, o ofício foi recebido e deverá ser anexado nos autos nos próximos dias. Enquanto isto, o processo segue normalmente, aguardando sentença do juiz.

 

Recurso – O Clube Fotofilatélico Numismático entrou com recurso contra a decisão da Justiça de reintegrar o imóvel que ocupa, na Vila, ao patrimônio da CSN. A última movimentação do processo, que tramita na 2ª Vara Cível, dá conta que os embargos de declaração do clube são tempestivos, ou seja, foram apresentados dentro do prazo legal para recurso.

 

Chaves – A CSN entregou ao ICMBio as chaves dos portões de acesso à Fazenda Santa Cecília, especialmente à área da Floresta da Cicuta. A medida faz parte de um cumprimento de sentença judicial, determinando que a CSN não impusesse restrições à atuação do Instituto no local. A ação foi movida pelo MPF. Resta saber o que o ICMBio vai fazer daqui em diante…

 

Greve (I) – Os trabalhadores da Construção Civil de Volta Redonda estão em greve, revela o presidente do Sindicato da categoria, Sebastião Paulo de Assis. Na quarta, 27, os trabalhadores participaram de uma assembleia na Praça Juarez Antunes e aprovaram a greve a partir de segunda, 2, por prazo indeterminado.

 

Greve (II) – Os trabalhadores das empresas da base do MetalSul também estão em estado de greve, conforme informação dada pelo Sindicato dos Metalúrgicos. A greve poderá ser deflagrada a partir de quarta, 4, quando ocorrerá uma assembleia para discutir a questão. Segundo Silvio Campos, os patrões insistem – e ele não aceita – na retirada de benefícios, como vale alimentação e PLR. Segundo Silvio, as empresas que insistem em retirar os benefícios são AGM, Gemor, Abreu e Metalúrgica Barra Mansa, dentre outras. Todas também propuseram um reajuste de 5% nos salários.

 

Sankyu – Os trabalhadores da Sankyu aprovaram, por 370 votos dos 438 que votaram, a proposta da empresa para a renovação do acordo coletivo 2017/2018. 

 

Celebração (I) – Na quarta, 27, Samuca recebeu o padre Vanderley Oliveira, da paróquia de Santa Cecília, levado pelas mãos do vereador Francisco Novaes. Na pauta, a participação do Palácio 17 de Julho nas celebrações de 12 de outubro, dia da padroeira do Brasil. A reunião foi de paz e Samuca prometeu apoio total ao evento católico. “Vai ser uma festa especial, já que esse ano será celebrado o jubileu dos 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora Aparecida no Rio Paraíba do Sul”, destacou o prefeito. “A prefeitura vai colaborar com toda estrutura necessária para a celebração”, completou.

 

Celebração (II) – Vale ressaltar que este deve ter sido o primeiro encontro oficial de Samuca com um representante da Igreja Católica de Volta Redonda. Desde a sua posse em janeiro, por exemplo Samuca (ex-PV, hoje Podemos) nunca esteve com o bispo D. Francisco Biasin.

 

Celebração (III) – A festa de Nossa Senhora Aparecida será celebrada na igreja de Nossa Senhora Aparecida, na São João. Terá carreata, procissão, e como de praxe, quatro missas durante o dia. O vereador Francisco Novaes justificou ter sido procurado por fiéis da igreja para levar o religioso ao encontro de Samuca. “Era necessário o apoio da prefeitura para a celebração, por isso não tinha dúvida que o prefeito Samuca iria atender as solicitações”, destacou Novaes.

 

Postes – A prefeitura de Volta Redonda está trocando oito postes de iluminação pública ao longo da Via Sérgio Braga, principal ligação com Barra Mansa. O serviço deve acabar no final desta semana. Cada poste tem luminária de quatro pétalas com lâmpadas a vapor de sódio de 400 watts. Será que já é fruto da municipalização do trecho da BR-393?

 

Remédios – Na edição passada o aQui publicou a denúncia de um leitor, de 84 anos, a respeito da falta de remédios na Farmácia Municipal de Volta Redonda. Entre eles, o Finasterida (5 mg); Omeprazol 20 e 40 mg); Mesilato de doxasozina; e Ranitidina, todos de uso contínuo. Durante a semana, ele não ligou. Esteve pessoalmente na redação do jornal para dizer que o problema continua o mesmo. Pior. Mostrou que está gastando cerca de R$ 300 por mês com a compra dos remédios. “Eu ainda tenho algum recurso, mas vejo muita gente lá na farmácia – a maioria, na verdade – que não tem essa condição”, disparou, anunciando que esteve mais uma vez na Ouvidoria da Saúde, onde relatou mais uma vez o problema. Desta vez, fez questão de deixar com a atendente um exemplar do aQui com a publicação da sua reclamação.

 

Me engana… – Durante uma feira de negócios realizada em Volta Redonda, que ninguém sabe no que deu, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Joselito Magalhães, soltou uma pérola. “Em Volta Redonda não tem crise”, avaliou. Deve viver no mundo da lua e, como presidente da Associação Comercial, deveria passear pelos bairros para contar quantas lojas e indústrias estão fechadas antes de dizer baboseiras.

 

A volta – O voltarredondense Nelson Gonçalves deve reassumir o cargo de deputado estadual com a ida de Jorge Felipe para a equipe de Marcello Crivella, prefeito do Rio de Janeiro.

 

Socorro! (I) – Os representantes da Associação de Moradores da Vila foram na quinta, 28, até a Câmara pedir ajuda do vereador Sydnei Dinho. Ajuda não, “socorro”. É que eles já teriam feito uma série de reivindicações não só de moradores, mas também de profissionais que atuam no bairro contra as constantes “festinhas” realizadas por jovens (em sua maioria, menores de idade) nas praças do bairro, regadas a bebidas e drogas.

 

Socorro! (II) – Dinho chegou a ligar para Samuca ressaltando o problema e pedindo providências, “com urgência”. Depois, prometeu promover uma reunião em conjunto. 

DSC00276

A conferir – Embora tenham conversado bastante, andado juntos e sorrido um para o outro, Samuca Silva e Edson Albertassi estariam se estranhando já há algum tempo. Na semana passada, quando o parlamentar teria procurado o prefeito para lhe dar as boas novas – da retomada das obras da Contorno -, Samuca simplesmente teria se recusado a atendê-lo. 

Feriado – A prefeitura de Barra Mansa funcionará normalmente na segunda, 2, mas na terça, 3, feriado municipal, não haverá expediente. Neste dia, será realizado o desfile cívico em comemoração aos 185 anos da cidade, a partir das 9 horas, na Avenida Joaquim Leite, no Centro.

Cidadão (I) – Noé Garcêz, atual presidente da Ordem dos Advogados em Barra Mansa, recebeu na noite de quinta, 28, o título de cidadão barraman-sense durante sessão solene da Câmara de Vereadores, realizada no Palácio Barão de Guapy.
Cidadão (II) – O empresário voltarredondense Helder Damião (foto) também foi agraciado com o título de cidadão barramansenses, conforme proposta apresentada pelo vereador Paulo Chuchu. Helder quebrou o protocolo ao receber o título com a neta, Lily, no colo.

2017-09-29-PHOTO-00001234

Flores – A Associação Mulher, Cidadania, Ambiente e Economia Solidária promove neste sábado, 30, a 22ª Caminhada das Flores em Barra Mansa. A concentração será às 9 horas em frente a onde funcionava o restaurante popular e seguirá até a Praça da Matriz, onde acontecerão apresentações culturais.

MPF – O Ministério Público Federal quer que a prefeitura de Barra Mansa promova melhorias no Ciep 483 Ada Bogato. O prazo dado foi de 90 dias, e o MPF recomenda que seja realizado o fechamento das paredes das salas de aula em uso; a reforma da quadra de esportes; a manutenção da área de recreação e do refeitório, restaurando a tela de proteção/portas; e o conserto do portão de entrada da escola. Tem mais. Quer que a secretaria de Educação mande, em 60 dias, fazer a pintura/reforma das paredes e portas das salas de aula, dos ambientes administrativos, da cozinha e demais áreas de circulação e o conserto do teto do banheiro dos professores e da sala de refeição.

MPF (II) – No prazo de 30 dias, o MPF exige que seja feita uma vistoria na rede elétrica da unidade, promovendo a substituição das lâmpadas queimadas; o conserto da janela de alumínio, com risco de queda e a reposição dos vidros nas janelas das salas de aula; bem como dis-ponibilize o sinal de internet na sala de infor-mática da unidade. E, em 20 dias, em conjunto com a comunidade, professores, funcionários e direção da escola, o município deve promover o debate para definir as medidas que serão adotadas para o atendimento dos termos desta recomendação.

Desfile – No próximo dia 3 de outubro, 185º aniversário de Barra Mansa, a prefeitura local promove um desfile cívico por toda a Avenida Joaquim Leite, a partir das 9 horas, com a participação de 65 unidades escolares municipais contando com mais de três mil alunos, além de profissionais entre professores, coordenação, direção e administrativo. O desfile contará com a presença do Tiro de Guerra, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros. E, à frente do pelotão, a Guarda Mirim de Barra Mansa, carregando as bandeiras oficiais.
 
Sangue (I) – O Hemonúcleo de Barra Mansa pede à população que doe sangue. De acordo com a unidade, os estoques estão abaixo do normal. A instituição funciona ao lado da Santa Casa, na Rua Pinto Ribeiro, 205, no Centro, e está aberta de segunda a sexta, das 7 às 11 horas.

Sangue (II) – Na tentativa de aumentar o estoque, o Hemonúcleo funcionará no próximo sábado, 7, das 7 às 12 horas. “Estamos sofrendo com o baixo nível disponível para doação, e não é só aqui. Muitas outras unidades da região também estão passando por este problema, como Vassouras e Volta Redonda”, finalizou o coordenador.

Reforma – Marco histórico de Barra Mansa, a sede da Fazenda da Posse teve sua construção concluída em 1768 e há muitos anos não passava por uma reforma geral, desde sua reconstrução em 1999. Mas, graças à Fundação Cultura Barra Mansa e alguns parceiros, o imóvel passou por uma reforma durante os últimos três meses. E agora será sede do Centro de Documentação e Me-mória de Barra Mansa – Cedoc que será entregue pelo prefeito Rodrigo Drable neste sábado, 30, com direito a um Festival de Cerveja Artesanal, reunindo dezenas de produtores artesanais, dando início à programação do aniversário de Barra Mansa. 
O prédio todo foi pintado e as diversas  salas existentes serão dedi-cadas a espaços como galerias de arte, exposições, auditório para apresentações e palestras, além de abrigar um acervo com mais de 20 mil documentos especializados em arte e história de Barra Mansa.

Previous articleNão foi dessa vez
Next article‘Quebrou a tigela’
ARTIGOS RELACIONADOS

GRAMPOS

GRAMPOS

Grampos

LEIA MAIS

COMENTÁRIOS RECENTES

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp