terça-feira, julho 16, 2024

Grampos

Viaduto
Na noite de sexta, 28, a prefeitura de Volta Redonda inaugurou o viaduto que liga o bairro Siderville ao Elevado Castelo Branco, na Ponte Alta. Com 200 metros de comprimento, o novo acesso tem duas pistas, uma de entrada e outra de saída, além de um guarda-corpo, permitindo a circulação de pedestres. A prefeitura também revitalizou a praça do bairro sob a estrutura, recuperando brinquedos, a quadra poliesportiva e desenvolvendo um serviço de paisagismo no local.
O viaduto, que custou cerca de R$ 3,5 milhões, permite a integração do bairro à cidade. Até então, a ligação era feita por uma rua que só podia ser acessada por quem trafegava pela Via Sérgio Braga. Na inauguração, Neto agradeceu à viúva de José de Araújo Pinto, que dá nome ao viaduto, Maria Paula e seus filhos, como o secretário de Transporte, Paulo Barenco, e os irmãos, Carlos Augusto, Erlam, Luís Sérgio e Paula, além dos netos, noras e amigos da família. “É uma honra para nós colocar o nome do Seu Araújo, um pioneiro em nossa cidade, nessa obra que vai mudar a vida dos moradores do Siderville”, comentou.

Arrecadação
De janeiro a maio deste ano, o VR Parking, sistema de estacionamento rotativo de Volta Redonda, arrecadou R$ 1.554.071,01. O mês com maior arrecadação foi maio, com R$ 324 mil. E olha que o sistema anda perdendo faturamento com a proibição de se estacionar nas vagas próximas do Sider Shopping (ver foto).

Volta-redondense
O ex-presidente Jair Messias Bolsonaro vai receber o título de ‘Cidadão Volta- redondense’, conforme proposta apresentada pelo vereador Hálison Vitorino (Republicanos), devidamente aprovada em plenário. A entrega do título está programada para a sessão especial da Casa em comemoração aos 70 anos de emancipação política da cidade do aço, marcada para o dia 18 de julho, às 19 horas. Se Bolsonaro estará presente, isso é outra história.

Ciúmes
A homenagem de Vitorino a Bolsonaro deverá deixar alguns parlamentares, digamos, com ciúmes. É que, em busca dos votos dos bolsonaristas, alguns políticos andam defendendo com unhas e dentes a pauta do ex-presidente.

Esquerda
A sessão solene pelo aniversário da cidade do aço pode até acabar em confusão. É que o deputado federal Lindbergh Farias (PT) também poderá estar presente para receber o seu título de ‘Cidadão Volta-redondense’, proposto por Raone Ferreira. Lindinho, como é conhecido, é um dos principais críticos do ex- presidente.

Cultura
O prefeito Neto já estaria pensando na sua futura equipe caso se reeleja. Na reinauguração do Espaço de Artes Zélia Arbex, na quarta, 3, disse que Anderson de Souza poderá ser convidado para permanecer como secretário de Cultura.

Gafe
Por falar na reinauguração do Espaço de Artes, a Secretaria de Cultura cometeu uma grande gafe. Simplesmente esqueceu de convidar os filhos de Zélia Arbex, a homenageada que dá nome ao espaço, para participar do evento. É pena!

Sabe nada
As festas pelos 70 anos de Volta Redonda, antecipadas para que o prefeito Neto não desrespeitasse a legislação eleitoral, andaram desagradando alguns adversários, que não devem saber nada de administração pública. Um deles chegou a perder tempo para fazer um vídeo questionando os shows realizados na Praça Brasil, promovidos pelo Palácio 17 de Julho e bancados financeiramente pelo Sesc-RJ. Chegou a questionar, no seu estilo estranho de se comunicar, o motivo dos shows não terem sido marcados para o dia 17 de julho. Para quem não deve saber nada de política, fica a dica: em ano eleitoral, a justiça proíbe que qualquer município contrate shows nos três meses que antecedem as eleições – ou seja, a partir de 6 de julho.

Foi mal
A cantora Pitty, que cancelou por problemas de saúde o show que faria na quinta, 4, em Volta Redonda, tinha feito um pedido inusitado para a equipe do Palácio 17 de Julho. Não gostaria de receber nenhum fã no camarim. Queria privacidade total. Conseguiu.

Exclusivo
A prefeitura de Volta Redonda, através da Empresa de Processamento de Dados (EPD), está comprando 137 novos relógios eletrônicos de ponto, para registrar o horário de entrada e saída dos servidores públicos. Detalhe: todos com reconhecimento facial.
Somente a Secretaria de Saúde receberá 100 dos aparelhos, que serão instalados em todas as Unidades Básicas de Saúde.

Compra
A Secretaria de Ordem Pública de Volta Redonda, vejam só, comprou cinco caminhonetes zero quilômetro, modelo Ford Ranger. Cada uma sai por R$ 265 mil, totalizando R$ 1,3 milhão. Os GMs vão ficar doidos para pilotar as máquinas quando elas chegarem.

Escolas
Em mais um investimento do governo Neto na área da educação, a prefeitura de Volta Redonda entregou, na quinta, 4, mais duas escolas totalmente reformadas: A Escola Municipal Paraíba, na Vila Mury, e a Escola Municipal Wladyr de Souza Telles, no Jardim Vila Rica (Tiradentes). O investimento nas duas instituições de ensino foi de mais de R$ 1,2 milhão.

Caos
Moradores do entorno da Praça Brasil, do Gacemss aos prédios da fralda do Laranjal, não curtiram os shows pelos 70 anos de Volta Redonda, realizados pelo Palácio 17 de Julho. Nada contra este ou aquele artista. Muito pelo contrário. Ficaram p… da vida pelo som, altíssimo, e pelo horário, pois os shows terminaram tarde
da noite. Uma internauta, inclusive, chegou a apelar ao prefeito Neto, fazendo a seguinte colocação: “Não podiam fazer na Ilha São João?”, indagou, em forma de protesto.

Garimpo
Na quinta, 04, por volta das 6 horas da manhã, quem usava a Avenida Beira-Rio ficou surpreso com uma cena inusitada. Um homem em situação de rua transportava, em um carrinho de supermercado, simplesmente uma grade de ferro, das que margeiam o Rio Paraíba. “Será que as câmeras de segurança não flagraram isso? Cadê a Ordem Pública nessas horas?”, questionou uma leitora.

ARTIGOS RELACIONADOS

Grampos

Grampos

Grampos

LEIA MAIS

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp