quarta-feira, julho 17, 2024

Grampos

Voando baixo (I)
Ontem, sexta, 23, por volta das 12 horas, um helicóptero procurava um local para descer em Volta Redonda. E olha que os helipontos existentes chegam a cobrar R$ 5 mil para deixar o aparelho pousar em terra firme. A bordo, segundo uma fonte do aQui, alguns caciques do PL. Os deputados federais da legenda, ligados a Jair Bolsonaro, acabaram descendo no Raulino de Oliveira, e de graça, dizem.

Voando baixo (II)
Para surpresa de todos, a comitiva do PL de Bolsonaro não foi para a sede do partido. Nem para a casa de Maurinho, pré-candidato à sucessão de Neto. Os deputados federais da legenda foram para o Palácio 17 de Julho, onde foram recebidos pelo próprio prefeito. Logo a seguir, já com fome, seguiram para o Jardim Amália.

Voando baixo (III)
Segundo uma fonte do aQui, a reunião dos deputados federais com o prefeito Neto foi regada a comida árabe, daquelas que só são feitas quando algo importante está em debate. Ou em jogo. Tem mais. Pelo que o aQui apurou, a cúpula do PL estaria insatisfeita com a condução do diretório municipal e mais ainda com as notícias de que Mauro Campos – o atual presidente – teria financiado lideranças de esquerda na cidade do aço, o que o jornal já mostrou em várias edições. É o caso do vereador Raone, cuja campanha contou com apoio financeiro de Maurinho.

ARTIGOS RELACIONADOS

Grampos

Grampos

Grampos

LEIA MAIS

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp