quinta-feira, julho 18, 2024

Grampos

ÔNIBUS (I) – Como não podia deixar de ser, na entrevista Dário cutucou Neto a respeito da questão dos ônibus em Volta Redonda, e o prefeito confirmou ter tido uma reunião no dia anterior com Paulo Afonso, presidente do Sindpass. “Estamos buscando soluções”, garantiu. “Quando eu saí da prefeitura, em 2016, nós tínhamos 222 ônibus (rodando, grifo nosso). Quando eu voltei, no fim do governo Samuca, eram 98”, comparou. “Hoje, eu estou com 140”, detalhou, certo de que vai conseguir resolver o problema do setor.

ÔNIBUS (II) – Apesar do otimismo, Neto reconheceu que o setor passa por dificuldades. “O número de passageiros em 2016 era superior a 2 milhões, e hoje não chega a um milhão, caiu muito”, reconheceu. “Estamos trabalhando, sentindo uma boa vontade das empresas de ônibus, e o Poder Público decidiu custear algumas coisas”, disse, sem explicar o que será feito. Uma coisa é certa: “Não vai haver aumento de passagem, já avisei a eles. Enquanto não estabelecermos aquilo que a população espera da gente, não vai haver aumento de passagem. Certamente vamos custear alguma coisa”, insistiu, ainda sem detalhar nada.

ÔNIBUS (III) – Indagado por Dário, se o governo poderia subsidiar o transporte coletivo, como o aQui já mostrou ser o único caminho possível para não aumentar as passagens, Neto transferiu a responsabilidade para o seu secretário de Transporte Público. “Estamos buscando (estudando). A tarefa dura do Paulo Barenco tem sido essa. Ele trabalha muito para buscarmos soluções”, afirmou. “Precisamos aumentar o número de passageiros, e você só aumenta se melhorar a qualidade do transporte”, crê, indo além. “Eu tenho tido muitas brigas com meus parceiros vereadores”, disse, citando os nomes de Lela, Neném, Temponi e Vitorino, que o estariam pressionando. “A gente ouve e entende”, garantiu, tratando de mudar o rumo da conversa. “Temos muito a avançar, e vamos avançar, como fizemos com o caso das caçambas, que não eram mais fornecidas. Eu dei a tarefa ao Rogério Loureiro, que sentou com a Poliana (Moreira), que é uma pessoa maravilhosa, campeã, que profissional”, acredita.

BOATO – “Estou muito satisfeito com o trabalho que ela (Poliana) realiza, pois todo dia sai um boato que vai haver a substituição dela. Não vai haver. Estou muito satisfeito com o trabalho dela”, garantiu, desmentindo o boato de que a cabeça de Poliana já estaria a prêmio.

HOSPITAL (I) – Depois da caçamba, Neto passou a falar da ampliação dos hospitais do Retiro e São João Batista. “As obras de expansão do HSJB já começaram. Vamos ter três andares de estacionamento, com 70 vagas. O quarto andar do novo prédio vai ter um centro cirúrgico com mais cinco salas de cirurgia, negócio de maluco”, comparou, anunciando que Sebastião Faria teria arrumado um estacionamento para atender provisoriamente ao hospital, localizado em um terreno baldio que existia na entrada da São Geraldo.

HOSPITAL (II) – A previsão de Neto é inaugurar o novo prédio do Hospital São João Batista no aniversário de Volta Redonda em 2024. Não satisfeito, prometeu mais uma grande obra. “Em breve, vamos começar uma obra de ampliação do Hospital do Retiro. A Márcia Cury é uma guerreira”, comentou, anunciando que a licitação seria feita ontem, sexta, 26. “Temos R$ 50 milhões do governo do Estado para a ampliação dos dois hospitais”, acrescentou.

0800 – Moradores, empresários e ainda quem tem de ir todo dia até a Rua 33, na Vila, que virou zona de guerra desde fevereiro último, estão preparando um abaixo-assinado a ser encaminhado ao prefeito Neto pedindo que o estacionamento rotativo da via pare de ser cobrado até que as obras sejam concluídas. Faz sentido.

LUTO – Volta Redonda voltou a ficar de luto com a morte do ex-vereador Jorge Pantaleão, aos 93 anos, ocorrida no domingo passado. Pantaleão, como era conhecido, foi presidente da Câmara e do Lyons Club de Volta Redonda.

EXCLUSIVO (I) – O clima na Câmara de Volta Redonda segue quente. Na quinta, 25, o presidente da Casa, Paulo Conrado, interrompeu a sessão para convocar os vereadores para a sala da presidência. Disse que seria coisa rápida, de cinco minutos. Durou quase uma hora. Na pauta, o vazamento de informações e ataques na internet.

EXCLUSIVO (II) – O alvo principal dos vereadores foi Raone Ferreira, que estaria estimulando publicações contra os parlamentares que não assinaram a criação de uma CPI para tratar do transporte público. “Se estão fazendo meme nas redes sociais com os rostos dos vereadores que não assinaram, somente ele (Raone) pode ter vazado a informação”, disparou um parlamentar.

EXCLUSIVO (III) – Um dos mais exaltados contra Raone era Neném, ligado a Neto. “Eu não quero ser seu amigo, não gosto do seu jeito de fazer política. Mas sempre vou te tratar com educação, que minha mãe me deu. Mas eu quero dizer que já cansei de ver aqui vereador tentar fazer esse tipo de política suja que você faz e normalmente não dá certo”, disparou.

BENÇÃO – A manhã de ontem, sexta, 26, começou abençoada para o prefeito Neto e o deputado estadual Munir Neto. Eles foram recebidos em um café da manhã na sede da Assembleia de Deus, pelo pastor Rinaldo Ferreira. Teve até uma cantata em homenagem aos políticos.

BOATE – Lembra da boate Cyrela, que ficava na São João, dava problemas de montão e queria reabrir as portas? Então, o Ministério Público estaria investigando o pagamento de vantagens indevidas a um vereador para que ajudasse a boate a obter alvará da prefeitura de Volta Redonda para funcionar como casa noturna.

CONTRATAÇÃO – A secretaria de Ação Comunitária estaria sendo usada para contratar os mais diversos tipos de profissionais através de Regime de Pagamento Autônomo (RPA). Estão sendo usados para fazer capina, roçada e até pequenas reformas em unidades escolares.

RACISMO – O presidente da Câmara, Paulo Conrado, usou a sessão de segunda, 22, para fazer um desagravo contra o racismo sofrido pelo jogador Vinicius Junior, do Real Madrid, na Espanha. “Isso não pode ocorrer mais em nossa sociedade, precisamos repudiar esses atos e cobrar que os autores sejam punidos”, disparou. Tem razão.

SERÁ? (I) – Ainda há quem acredite que Neto não será candidato à reeleição para prefeito de Volta Redonda, como anunciou. Estaria despistando para, mais tarde, lançar o irmão, o deputado Munir Neto, que teria como vice o vereador Betinho Albertassi.

SERÁ? (II) – Por falar no ex-deputado Edson Albertassi, hoje assessor de
Neto, boatos dão conta que ele estaria se metendo até na política de Barra Mansa. E o atual prefeito, Rodrigo Drable, não estaria gostando da intromissão.

RADIAL LESTE – Na manhã de terça, 23, diversos integrantes do governo Neto se reuniram com representantes da concessionária KInfra Rodovia do Aço, responsável pelas obras na Radial Leste. Trataram dos detalhes para o início das obras e intervenção no trecho do mergulhão da via, que vão começar no dia 1o de julho, com previsão para terminar em 15 de setembro.“A obra envolve uma acomodação de solo no trecho do mergulhão, de cerca de 15 m de profundidade.

CENTRO (I) – O governo Neto vai inaugurar na segunda, 29, às 10 horas, o Centro Cardiológico Camilo Riker Furtado, que vai oferecer consultas, exames e terapias de reabilitação para pacientes cardiológicos atendidos pelo SUS. A unidade vai funcionar de segunda a sexta, das 7 às 19 horas, na Rua Desembargador César Salamonte, no 191, no Aterrado. Detalhe: todos os cardiologistas da rede municipal de Saúde que atendem pelo SUS vão atender na nova unidade a partir de terça, 30.

CENTRO (II) – O Centro Cardiológico Camilo Riker também vai oferecer exames para diagnóstico de doenças cardíacas como MAPA (Monitoração Ambulatorial da Pressão Ar- terial), usado para a verificação da pressão arterial de forma mais aprofundada; Holter, por aparelho portátil, que mede a atividade elétrica do coração durante 24 horas; eletrocardiograma; ecocardiograma; e ergometria, teste de esteira.

ARTIGOS RELACIONADOS

Grampos

Grampos

Grampos

LEIA MAIS

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp