terça-feira, abril 16, 2024
CasaEditoriasBarra MansaFurlani deverá escolher uma mulher para vice

Furlani deverá escolher uma mulher para vice

No sábado, 16, sob um calor infernal de 60 graus, durante evento realizado na quadra da Escola de Samba Mocidade Independente de Padre Miguel, o ex-presidente Jair Bolsonaro e o governador Cláudio Castro prestigiaram o lançamento da pré- candidatura do deputado federal delegado Alexandre Ramagem à prefeitura do Rio de Janeiro pelo Partido Liberal. A presença dos dois caciques do PL atraiu dezenas de políticos fluminenses, especialmente os que esperam sair candidatos pela legenda nas eleições de 6 de outubro.

Estava lá, ávido por uma foto ou uma palavra de apoio de Bolsonaro e Castro, ou dos dois, o vereador licenciado Luiz Furlani, secretário de Governo e presidente do diretório municipal do PL, e, claro, pré-candidato a prefeito com apoio de Rodrigo Drable.
E Furlani se deu bem. Para começar, ficou no palco bem ao lado de Bolsonaro, enquanto este defendia o nome de Ramagem. Com olhar maroto, sorriso de criança peralta e sempre olhando para a câmera, Furlani teve seus minutos de glória. Conseguiu o que todo mundo queria: ficar encostado no ex-presidente, com quem até tirou uma foto para usar na sua campanha.
Luiz Furlani ganhou inclusive um vídeo, feito ao lado de Cláudio Castro, onde o governador reafirmou que apoia sua pré-candidatura a prefeito de Barra Mansa. “Este é o meu candidato e espero te ver no ano que vem governando a cidade de Barra Mansa”, disparou Castro que ainda procurou se gabar. “Estamos mostrando a força do nosso grupo político”, justificou. “Eu e o meu pré-candidato a prefeito estamos juntos” encerrou. Coube a Furlani dizer apenas uma frase para retribuir o apoio recebido. “Vamos trabalhar muito”, prometeu.
Enquanto Furlani curtia seus momentos de força, do lado de fora os integrantes da ‘Direita Conservadora de Barra Mansa’, liderados por Bruno Marini, faziam barulho contra o PL e contra Castro. Mas apoiavam Jair Bolsonaro. Chegaram a levantar uma faixa com um recado ao ex-presidente que dizia: “Direita Barra Mansa apoia Bolsonaro. Mas o PL está nas mãos erradas. Bolsonaro, não permita isso”, referindo-se ao fato de a legenda estar sendo comandada pelo grupo do prefeito Drable.
Em postagem nas redes sociais, o grupo da ‘Direita Conservadora’ teria sido impedido por seguranças de um deputado, não identificado, de entrar no galpão da Mocidade Independente de Padre Miguel, com uma faixa contra o PL de Barra Mansa. “Apreenderam a nossa faixa”, denunciava Danny Villa-Lobos. “Só queríamos pedir ao Bolsonaro que enxergue Barra Mansa”, explicou.

Artigo anterior
Artigo seguinte
ARTIGOS RELACIONADOS

LEIA MAIS

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp