sexta-feira, fevereiro 23, 2024
CasaEditoriasCSNDenúncias envolvem más condições de trabalho na CBSI

Denúncias envolvem más condições de trabalho na CBSI

A CSP Conlutas – Central Sindical da maioria dos diretores do Sindicato dos Metalúrgicos – formalizou uma denúncia junto ao Ministério Público do Trabalho contra a CBSI (empresa do grupo CSN e da base do Sindicato da Construção Civil). Segundo boletim divulgado pela Central, as reclamações seriam graves – violariam até direitos trabalhistas. Entre elas, as péssimas condições de trabalho, falta de uniformes, trabalhadoras grávidas realizando serviços pesados, trabalhadores desmaiando devido ao calor intenso e a falta de ambiente climatizado.
Segundo apurado pelo aQui, há ainda denúncias de falta de transporte interno para os empregados e descontos no cartão-alimentação para aqueles que faltam ao serviço mesmo sob justificativa (atestados ou declarações). A CSP Conlutas também relatou que a CBSI estaria realizando cobranças pela refeição matinal que é servida aos trabalhadores e que não paga adicional de insalubridade para os operários expostos a agentes químicos e biológicos. Outra questão pontuada na denúncia diz respeito aos vestiários femininos, que funcionam dentro de contêineres sem circulação de ar. Quando a porta é fechada, o calor é insuportável, mas quando ela fica aberta, as mulheres não conseguem trocar de roupa, pela falta de privacidade. O Sindicato da Construção Civil, responsável pela defesa dos direitos dos trabalhadores da CBSI, não comentou a questão.
A CBSI foi procurada pelo aQui, através da sua assessoria de Comunicação. Eles desconhecem o teor da denúncia, mas prometeram apurar e dar uma resposta ao jornal.

ARTIGOS RELACIONADOS

LEIA MAIS

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp