segunda-feira, junho 17, 2024
CasaEditoriasCSNCSN confirma parada na Sinterização 4 para troca e reparo de filtro...

CSN confirma parada na Sinterização 4 para troca e reparo de filtro contra o ‘pó preto’

A Direção Executiva de Produção da CSN comunicou ao prefeito Antonio Francisco Neto, no meio da noite desta terça-feira, 21, que paralisou os trabalhos na Sinterização 4. A interrupção vai durar 15 dias, enquanto forem feitos reparos e trocas dos filtros (precipitadores eletrostáticos). Na última sexta-feira, 17, o prefeito esteve no interior da Usina Presidente Vargas, para ver de perto o andamento das ações para melhorar a qualidade do ar na cidade.

O objetivo da operação na Sinterização – maior emissora de particulados atmosféricos dentro da cadeia produtiva siderúrgica – é reduzir o lançamento do chamado “pó preto”. Assim que o trabalho no setor 4 for concluído, imediatamente começa a modernização da Sinterização 3, que vai durar 22 dias. Para fechar esta parte do projeto, a Sinterização 2 será paralisada por 10 dias.

Novos Empregos serão gerados

Desta forma, a modernização da Sinterização tem prazo para durar até a última semana de julho. A direção da empresa também ressaltou que não haverá demissões do pessoal já contratado. Pelo contrário, foram confirmadas as contratações de mil pessoas pelos próximos meses para atuar no processo de modernização da Sinterização.

“Visitamos a Usina na sexta-feira, dia 17, e vimos os canteiros de obras e maquinários sendo preparados. Ficamos felizes de ver esse trabalho sendo iniciado, pois é o sonho de todo morador de Volta Redonda: ver a CSN produzindo e empregando mais, mas poluindo menos”, disse o prefeito.

A reforma na Sintetização 4

Os precipitadores eletrostáticos (primários e secundários) funcionam como ímãs que puxam os particulados antes deles serem jogados no ar. A unidade receberá 64 novas placas, bem como terá 100 barras de choque e mil eletrodos trocados. O teto do precipitador, o acesso de entrada, a saída e as laterais serão todas chapeadas novamente.

Todos os funcionários atualmente contratados na Sinterização seguem atuando no local. Os operadores vão acompanhar as limpezas e liberação de equipamentos, assim como os mecânicos e eletricistas vão atuar nos reparos e manutenção. Além disso, a CBSI vai fornecer a mão de obra extra para os serviços, que vão chegar a mil contratações.

A CSN desempenha um papel vital na economia de Volta Redonda, sendo responsável por 1 a cada 4 empregos com carteira assinada na cidade. A empresa impulsiona diversos setores locais, desde o comércio até a indústria, passando pela saúde e educação.

Além disso, mais de 60% da arrecadação municipal tem origem direta na empresa, fornecendo recursos essenciais para a qualidade de vida da população. Esses impactos positivos se estendem pela região, graças inclusive a outras empresas que integram o Grupo CSN. Dos mais de 40 mil empregos gerados pelo grupo no Brasil e no mundo, mais da metade se concentra no Sul Fluminense.

ARTIGOS RELACIONADOS

LEIA MAIS

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp