quarta-feira, maio 29, 2024

Broncas d’aQui

ALARME FALSO – Quem passava, na manhã de terça, 28, pela Rua 18, na Vila, se assustava, é claro, com a ação de funcionários da prefeitura de Volta Redonda, que tinham
acabado de cortar uma das árvores às margens do córrego que passa próximo à Cúria Diocesana. E tinham razão. Poderia ser o início de mais um massacre ambiental, como o que a secretaria de Ordem Pública (Semop) executou no Rio Brandão recentemente, conforme denúncia feita pelo aQui. Cortou 142 espécimes das 300 que existiam ao longo do rio. Sorte nossa é que, segundo os servidores, só a árvore da foto é que iria virar madeira de churrasqueira. Ufa.

VIVA – A prefeitura de Volta Redonda retirou o que ‘restava’ da cobertura da
passarela existente sobre a linha férrea na Vila Americana, que estava,
como o leitor Paulo Rocha denunciou, quase caindo sobre a cabeça dos pobres
pedestres. Na foto 1, como estava; na foto 2, como está. Que acabe logo com o
serviço, né?!

DROGA – O advogado Paulo Rocha aproveitou a caminhada pela região da
Vila Americana e mandou mais uma bronca que espera ver a prefeitura corrigir. É
que a ‘pista de pedestres’ existente ao longo da BR393, entre o Jardim Amália I
e II, está em péssimo estado (ver foto). “O caminho comporta a passagem de
duas pessoas, mas em muitos pontos só há espaço para uma, e mesmo assim esbarrando no mato’, disse, desapontado, pois passa pela pista quase todos os dias.
Fazer é fácil, né? Já manter…

ROTATIVO – Como a Guarda Municipal nada faz para acabar com o estacionamento irregular na Praça da ETPC (ver foto), a ideia enviada por um leitor é válida: usar o enorme espaço da praça mais importante da cidade do aço, cheia de
árvores, para criar mais uma ‘área do estacionamento rotativo’ de Volta Redonda.
Que os espertos paguem para estacionar.

ARTIGOS RELACIONADOS

Broncas & Palmas

Broncas & Palmas

Broncas & Palmas

LEIA MAIS

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp