terça-feira, julho 16, 2024
CasaEditoriasEsporteBate-Bola Sergio Luiz

Bate-Bola Sergio Luiz

Desta vez fomos ao fundo do baú para mostrar a fotografia do time do Clube dos Funcionários. A foto é de 7 de julho de 1946, e foi feita no antigo campo do Recreio do Trabalhador.

Em pé, da esquerda para a direita: Queiróz. Guguta, Darci Alvarenga, Hélio Maurey, Maurício Noyman, Oswaldo e Nilo. Agachados: Heitor Magaldi, (?), Hugo, Aldo, Milton Bueno de Lima, o Bodoquena e Aloísio.

Com dois belos gols, o Voltaço derrotou o Ferroviário-CE por 2 x 0, no Estádio Presidente Vargas. O volante Henrique Silva abriu a contagem aos 15 minutos e o estreante Mateus Lucas aumentou aos 34 minutos ainda no primeiro tempo. Foi uma grande vitória que colocou o tricolor de aço novamente na liderança da competição, com 26 pontos. Ele só poderá ser ultrapassado pelo Botafogo-SP que enfrenta o São Bernardo na noite de hoje, segunda, 8, às 20 horas, no ABC paulista.
O próximo jogo do Volta Redonda será contra o São Bernardo na tarde de domingo, 14, às 16hs30min, no Raulino de Oliveira.

Próximos jogos
Hoje, sábado, 6, às 17 horas, pega o Ferroviário-CE. Depois, no dia 13, pega São Bernardo-SP, e dia 21 joga contra o Ypiranga-RS, ambos no Raulino.

Classificação
Na série C, o Botafogo-PB assumiu a liderança com 24 pontos, em 2o o Athletic-MG, também com 24 pontos. Em 3o o Volta Redonda, com 23. Segue em 4o São Bernardo e em 5o Ferroviária- SP, ambos com 21 pontos. Em 6o o Tom- bense com 18, em 7o Figueirense e fe- chando o G8, o Londrina, os dois com 17.

Público
Um tema que essa coluna sempre destaca é a baixa média de público nos jo- gos do Voltaço pela série C do Brasileirão. Baseado no blog Ranking da CBF, divul- gado no GE Globo, o Volta Redonda tem a segunda pior média de público pagante do campeonato, estando na 19a colocação, com 193 torcedores por jogo, superando apenas o São José-RS, que enfrentou a paralisação do torneio por causa das enchentes no Rio Grande do Sul. Bons tempos aqueles em que o Voltaço tinha uma média de público de 1.500 presentes. E na época nem havia a tal da gratuidade para estudantes e idosos etc. Ou seja, todos pagavam para ver os craques do Voltaço jogando em casa. Pior. Hoje não querem nem ver pela TV e de graça.

Histórias
O saudoso meia Betinho, um dos maiores jogadores da história do Volta
Redonda, contava sempre essa história. Em 1987, o Voltaço venceu o Rubro, de Araruama, por 2 a 1, num jogo dramático e emocionante, e com a vitória conseguiu fugir do rebaixamento. No banco, roendo as unhas, estava o então diretor de futebol, o também saudoso amigo Edinho Gordo. Nem o empate interessava. Para desespero geral, o Rubro fez 1 a 0, aos 32 minutos do segundo tempo. Aos 42, o atacante Chita empatou e, aos 45, em uma falta na entrada da área, Betinho mandou um foguete e desempatou o jogo. Betinho foi comemorar próximo ao banco de reservas e foi sufoca- do por um bolo de jogadores. Quase mor- reu esmagado, pois, empolgado, nada mais, nada menos que Edinho Gordo, com seus cento e tantos quilos, havia se atirado por cima de todo mundo. Betinho nunca soube explicar como escapou com vida. É mole?

Negociado
Conforme a coluna antecipou, o arti- lheiro Ítalo Carvalho foi emprestado ao Daegu, da Coreia do Sul, e o Voltaço vai receber R$ 700 mil para ceder o jogador por um ano. No contrato reza que o clube terá que pagar R$ 1 milhão em caso de um novo empréstimo ou R$ 11 milhões se optar pela compra definitiva do passe do jo- gador. O clube, que tinha 80% dos direitos econômicos, adquiriu mais 10% e assim o jogador ficou só com 10%. Mas vai receber R$ 100 mil pelos 10% que negociou.

Reforços
A diretoria do Voltaço anunciou a contratação de mais dois reforços: o zagueiro Léo Rigo, 29 anos, que estava no Hercílio Luz, de Santa Catarina; e o atacante Matheus Lucas, 25 anos, que estava no Remo e que foi artilheiro do Boavista no Carioca deste ano. Por outro lado, pode perder o atacante MVC, que com suas atuações, tem despertado interesse de vários clubes no Brasil.

Decisão
Hoje, sábado, 6, às 14 horas, Amigos do Retiro e Inter Califórnia, no Estádio Raulino de Oliveira, decidirão o título de campeão de futebol amador da LDVR. O ingresso será uma caixa de leite que será doada às entidades filantrópicas da cidade. Amanhã, domingo, 7, no Estádio Baldomero Barbará, acontece o segundo jogo decisivo do Campeonato de Ligas Municipais, Sub 17, Etapa Médio Paraíba, entre LBD- Liga Barra-mansense de Desportos x LDVR- Liga de Desportos de Volta Redonda. Na primeira partida a LDVR ganhou de 5 a 1 e jogará pelo empate para passar à fase estadual.

Bola fora
Para a seleção brasileira, que levou um sufoco da Colômbia. O empate em 1 a 1 ficou de bom tamanho. É muito triste, por exemplo, ver os ‘craques’ de Dorival passarem o segundo tempo sem dar um chute a gol. Ou melhor, dar um chutezinho, aos 50 minutos da etapa final. Merecia perder… Ou muda, ou vamos afundar mais uma vez.

Bola dentro
Para o time do Flamengo, que vem demonstrando que tem o melhor plantel do futebol brasileiro. Mesmo desfalcado de vários titulares, consegue manter o time na liderança do campeonato brasileiro. Ou será que é prova de que o futebol brasileiro está nivelado por baixo?

Artigo anterior
Artigo seguinte
ARTIGOS RELACIONADOS

Bate-Bola Sergio Luiz

Bate-Bola Sergio Luiz

Bate-Bola Sergio Luiz

LEIA MAIS

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp