segunda-feira, junho 17, 2024
CasaEditoriasEsporteBate-Bola Sergio Luiz

Bate-Bola Sergio Luiz

Este é o time do Quero Mais E.C, da Vila Brasília, da turma do Bloco Carnavalesco Quero Mais. Pertence ao acervo do Marquinho, diretor, e foi tirada em 1980.

Em pé, da esquerda para a direita: Peu (diretor), Zé Botafogo, Zé Soares, Paulinho Bicudo, Pedro, Dudu e Marquinho (diretor). Agachados: Carlinhos, Zé Luis, Beto, Cleber, Aguinaldo e Nina (massagista).

Deu mole e se complicou
O Voltaço perdeu a oportunidade de sair na frente na classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil. Mesmo jogando melhor, acabou perdendo para o Bahia, por 2 a 1, no Raulino de Oliveira, dando aos baianos a vantagem de bastar um empate no jogo de volta, marcado para o dia 27, às 19 horas, na Fonte Nova. Os gols foram de Biel e Gabriel Xavier para o Bahia, e do estreante Gabriel Bahia para o Volta Redonda.
O time de Rogério Corrêa manteve o padrão de jogo, mesmo com as ausências de seus principais jogadores, que deixaram o clube ao final do Cariocão de 2023. Sentiu apenas a falta de entrosamento dos reforços e a presença de um artilheiro, que aproveitasse as várias oportunidades criadas. Já o campeão baiano entrou para jogar nos contra-ataques e atingiu seu objetivo.
Há de se lamentar as cenas grotescas durante a partida, protagonizadas pelo volante Dudu e pelo técnico Rogério Corrêa. O jogador, ao ser substituído, discutiu com o treinador, e os dois quase chegaram às vias de fato. Para piorar, o técnico, após o gol de empate, fez gestos obscenos para o jogador. Imperdoável para os dois personagens. O caso está sendo resolvido pela diretoria. E deve ser para não perder o foco.
Fora isso, a verdade é que, com a derrota, ficou difícil – mas não impossível – para o Voltaço se classificar para a próxima fase da Copa do Brasil. Uma vitória, por 1 a 0 levará a decisão para os pênaltis.
Como diz o ditado: “Na vida, aprendemos até com os erros”. E na derrota, o que se pôde observar de bom foi a atuação do time. Afinal, praticamente um novo time foi formado, pouco treinou, mas deixou boa impressão para fazer bonito na série C do Brasileirão. Outra: alguns estreantes mostraram qualidades e podem evoluir ao longo da competição. Quem viver verá!

Reforços
O Volta Redonda continua reforçando o time e anunciou as contratações dos atacantes Samuel Granada, 22 anos, formado na base do Fluminense e que estava no Juventude-RS. Outro, também da turma de Xerém, é o lateral esquerdo Marcos Pedro, 21 anos, que já estreou contra o Bahia. Quem também foi contratado foi o atacante Ítalo Carvalho, 26 anos, artilheiro da série D do Brasileirão, com 11 gols. Veio do América-RN, onde marcou seis vezes em 15 jogos. O craque só poderá ser utilizado na série C.

Série C
Veja a tabela dos jogos do Voltaço para o mês de maio pela série C: a estreia será no dia 2, terça, em casa, contra o Pouso Alegre (MG). Depois, dia 6, contra o Floresta (CE) (F). No dia 13, pega o Brusque, fora de casa. Dia 20, sábado, enfrenta o América (RN) no Raulino. E depois encara, em casa, o time do Paysandu (PA) no dia 27. Os horários dos jogos ainda não foram definidos.

História
Pelas bandas de 1978, o Voltaço conquistou um título de campeão do interior ao vencer o Goytacaz, em Campos. Um coleguinha de rádio, empolgado com a conquista, ao registrar a entrega do troféu, feita pelo presidente da Federação Carioca, Eduardo Viana, o Caixa D’água, detonou: “O Voltaço leva mais um troféu para o seu mausoléu”. Não digo que o nome dele é Heraldo Queiroz, porque minha boca é um túmulo.

Mudanças no VAR
Para tentar melhorar a arbitragem, a CBF instituiu novas regras para o VAR, que passam a valer já para o Campeonato Brasileiro. A primeira mudança é a revisão com apresentação do lance no telão, para que os torcedores possam ver o lance. Outro ponto modificado será a aplicação do cartão amarelo a jogadores ou integrantes da comissão técnica que se aproximarem do juiz durante a consulta ao VAR. No futebol brasileiro, a pressão nesse momento costuma ser incontrolável pelo árbitro. Além disso, a entidade quer que os árbitros sejam mais rigorosos dando cartão para aqueles malandros que costumam pressionar o juiz com reclamações, críticas, etc.
A CBF também definiu que os acréscimos das partidas deverão ser mais generosos, assim como na Copa do Mundo. E para acabar com a ‘cera’, quer que os juízes compensem todos os minutos que forem perdidos durante os jogos devido a lesões, comemoração de gols, confusão e outros. A linha de impedimento ficará mais ‘flexível’ e caso a linha azul (zagueiro) e vermelha (atacante) se encostem na tecnologia, o lance será considerado normal, como acontece na Premier League (Fonte: Mixme).

Resende
A diretoria do Resende confirmou o retorno de três jogadores, pratas da casa, que estavam emprestados ao Botafogo para a série D do Brasileiro e para a A2, segunda divisão estadual: o lateral esquerdo DG, os meias João Felipe e Brendon.

Seleção
A boa campanha do Voltaço no estadual, rendeu as entradas de Lelê e de Luciano Naninho na seleção do campeonato. Lelê ainda foi escolhido a revelação do campeonato. Valeu!

Bola fora
Para o volante Dudu e para o técnico Rogério Corrêa, que, no jogo com o Bahia, quase saíram no tapa, com direito a cena grotesca exibida pela TV ao vivo para todo o Brasil. O atleta deve se lembrar que ganha para jogar e obedecer às ordens do seu comandante. Já o técnico, tem que saber comandar, mas não tem o direito de responder a ninguém com gestos obscenos. Desceram o nível, virou baixaria.

Bola dentro
Para o Fluminense, que conquistou o título de bicampeão carioca. Com uma bela atuação, goleou o Flamengo por 4 a 1, com direito a chocolate e gritos de olé. Valeu!

Artigo anterior
Artigo seguinte
ARTIGOS RELACIONADOS

Bate-Bola Sergio Luiz

Bate-Bola Sergio Luiz

Bate-Bola Sergio Luiz

LEIA MAIS

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp