sexta-feira, fevereiro 23, 2024
CasaEditoriasEspecialApesar dos dramas pessoais, Neto avalia que 2023 foi bom e que...

Apesar dos dramas pessoais, Neto avalia que 2023 foi bom e que 2024 será melhor

Ainda em casa se recuperando da cirurgia cardíaca que enfrentou e já pronto para, no dia 2 de janeiro, reassumir seu posto no Palácio 17 de Julho, o prefeito Antônio Francisco Neto voltou a atender, com exclusividade, a reportagem do aQui para fazer um balanço do que foi 2023. Fora os problemas pessoais, Neto entende que o ano foi proveitoso. “De muitas conquistas”, dispara, com a esperança de dias melhores. “Semeamos bastante coisa boa e vamos colher coisas boas”, afirmou.
Leia abaixo a íntegra da entrevista com Neto:

aQui: O que marcou a vida do senhor em 2023?
Antônio Francisco Neto: Foi um ano muito intenso, de muitas conquistas para Volta Redonda, e também no qual tive muitas perdas pessoais. Iniciamos a ampliação do Hospital São João Batista, entregamos a Policlínica da Mulher, a Unidade de Saúde do Santa Cruz. Nossas câmeras de segurança estão funcionando e ajudando a reduzir a criminalidade em nossa cidade. Batemos recorde histórico no número de cirurgias realizadas, abrimos a CAPD II. Conseguimos dar uma reposição salarial aos servidores, sendo que quando assumimos encontramos os salários atrasados. Avançamos, mesmo sabendo que ainda precisamos fazer muito mais.
No entanto, a perda do meu irmão Marco foi muito sentida. O Marco sempre teve uma importância muito grande dentro dos nossos grupos, do grupo familiar, político, de amigos. É o presidente que mais mandatos teve no Comercial e com sua franqueza ajudou muito em tomadas de decisões importantes para nossa cidade. A perda do Barata e de outras pessoas queridas também são sempre muito sentidas e difíceis.

aQui: Qual foi o pior momento? Por quê? Neto: Ter perdido meu irmão e os amigos que se foram. Essas coisas são sempre as piores, pois, como diz o ditado: para tudo tem jeito, menos para morte.

aQui: E o melhor? Por quê?
Neto: Cada obra que entregamos, cada cirurgia feita, cada prisão de bandido possibilitada pelas nossas câmeras, todo emprego gerado. Tudo que acontece de bom e que muda a vida das pessoas é uma vitória. Conseguimos sanar as finanças da cidade, e isso é reconfortante; mesmo sendo um trabalho que ninguém vê, na prática todos sentem, pois só assim foi possível fazer obras, pagar salários em dia. No campo pessoal, estar plenamente recuperado da cirurgia que fiz no coração é motivo de muita gratidão e alegria.

aQui: O que gostaria de ter concluído, em termos de obras, e não concluiu? Por que não conseguiu? Neto: O que não entregamos está encaminhado. Entregamos muita coisa: mais 30 leitos no Retiro, a UBSF Santa Cruz, asfaltamos quase 100 ruas, entregamos a Policlínica da Mulher, compramos mamógrafos, fizemos milhares de cirurgias. Mas falta a UPA, a 33, entre outras coisas que vamos fazer em 2024.

aQui: As eleições vão impactar o seu governo durante 2024?
Neto: Já passei por esta situação em outras eleições, então posso dizer seguramente que temos de cuidar para que esse impacto seja o menor possível. Temos de trabalhar muito e cada vez mais, mas quem faz as coisas pensando em eleição já sai perdendo. As pessoas vão avaliar se a cidade está melhor ou pior que antes de eu assumir. Era melhor o hospital fechando ou ele aberto? Era melhor salários atrasados ou em dia? Era melhor uma cidade com as câmeras desligadas ou funcionando?

aQui: Como ser prefeito e cabo eleitoral ao mesmo tempo em 2024?
Neto: Como já disse, as pessoas vão avaliar o conjunto da obra. Nossa cidade pagou um preço alto por falhas de gestão num passado não muito distante. O maior cabo eleitoral de um prefeito é o resultado do governo, e temos um governo bem-avaliado.

aQui: O que espera de 2024?
Neto: Vamos entregar muitas obras, reformar muitas estruturas que já existem e também construir coisas novas. Vamos buscar valorizar mais o servidor, aumentar a segurança, fomentar a geração de empregos e garantir melhorias no transporte. Semeamos bastante coisa boa e vamos colher coisas boas.

ARTIGOS RELACIONADOS

LEIA MAIS

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp