quarta-feira, dezembro 1, 2021
CasaGERALA vez dos jovens

A vez dos jovens

Para tentar interromper a circulação do vírus e conter o avanço da doença, a prefeitura de Volta Redonda dará início na segunda, 18, à segunda etapa da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. Desta vez, o alvo são os adultos não vacinados na faixa etária de 20 a 29 anos, sendo que todas as 46 unidades dos bairros de Volta Redonda vão funcionar das 8 às 17 horas. No sábado, 30, será realizado o ‘Dia D’, para vacinar as pessoas que não puderem tomar a vacina até lá.
Vale ressaltar que as unidades de Atenção Básica já disponi-bilizam a vacina contra o sarampo durante todo o ano. A dose deve ser ministrada aos 12 meses, com reforço aos 15 meses. Entre os adultos, são indicadas duas doses até aos 49 anos. Acima desta idade, o estado vacinal do paciente e o cenário de incidência da doença no caso de viagem para área endêmica devem ser avaliados.
O prefeito Samuca Silva faz um apelo para que a população-alvo procure a unidade de saúde mais próxima da sua residência. “O objetivo é aumentar a cobertura vacinal, já que a doença voltou a ser registrada no Brasil. Em Volta Redonda não tem casos de sarampo, mas não podemos descuidar. Aproveite a campanha e atualize o seu cartão vacinal. Com campanhas de conscientização vamos conseguir imunizar nosso público-alvo. Volta Redonda vai fazer sua parte”, justifica.
De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Milene Paula de Souza, as duas etapas da Campanha do Sarampo são para tentar imunizar o máximo de pessoas possíveis. “Nosso objetivo é verificar o cartão vacinal dos jovens para mantê-los em dia. A aplicação da vacina é a única forma de prevenir a ocorrência de sarampo na população, sendo a principal medida de controle da doença”, explica.
O secretário de Saúde, Alfredo Peixoto, orienta os jovens a levarem o cartão de vacinação. “A vacinação é fundamental para a prevenção das doenças. Todas as unidades de saúde vão participar da campanha, facilitando o acesso da população às doses da vacina. O sarampo é uma doença altamente contagiosa e a vacinação é indispensável”, afirmou.

Artigo anterior“Eu aguento porrada!”
Artigo seguinteCorrida da Paz
ARTIGOS RELACIONADOS

Boa ajuda

Boa parceria

Curtas

LEIA MAIS

Grampos

O roubo da identidade

Resistindo à violência

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp