quinta-feira, março 30, 2023
CasaEditoriasEsporteBate bola - Sergio Luiz

Bate bola – Sergio Luiz

Esta é a equipe de vôlei de Volta Redonda, vice-campeã brasileira em 1960, no Rio, representando o estado do Rio. Tinha em suas fileiras quatro atletas da seleção brasileira. A foto é do arquivo do Serrão.“

Em pé, da esquerda para a direita: Jean, Benevenuto (presidente da LDVR), Roque, Murilão, Paulo Mendes (diretor da CSN), Newdon, Tarciso, Rubem Pereira, Luiz e Renato Azevedo. Agachados: Décio, Caju, Serrão, Borboleta e Newton.

Tapando o sol com a peneira

A conquista do pentacampeonato da Copa Rio foi realmente importante para o Voltaço. Afinal, o clube obteve a vaga para disputar a Copa do Brasil em 2023. Para os mais otimistas, o título significa que o time se reabilitou do vexame de ter sido rebaixado para a segunda divisão do futebol carioca. E serviria para apagar da história o papelão que foi a eliminação precoce na Copa do Brasil deste ano, quando o Volta Redonda perdeu e dançou para o famoso Tuntum (MA).
Por outro lado, comemorar a permanência na série C, tudo bem. Mas na minha opinião é pensar pequeno. Comemorar o título de campeão da série A2, segunda divisão, e voltar à elite do futebol carioca é a mesma coisa que fazer churrasco para comemorar a saída de parente da prisão. É de envergonhar!
O torcedor, na sua maioria, quer ver um Voltaço forte. Que volte a ser a quinta força do futebol carioca, crescendo e brigando por melhores posições. Trazendo de volta a credibilidade obtida em 2020, quando chegou em 3º lugar, perdendo a posição em 2021, para a Portuguesa, caindo para o 4º lugar e finalmente o rebaixamento em 2022. Quem viver verá!

Convocação
O presidente do Conselho Deliberativo do Voltaço publicou o edital de convocação para a Assembleia Geral Ordinária do Volta Redonda F.C. para o dia 5 de novembro de 2022, a ser realizada na sede social do clube, das 9 às 18 horas. Na pauta: a eleição do presidente e vice-presidente da diretoria administrativa, Conselho Deliberativo e Suplentes e Conselho Fiscal e Suplentes.

Dificuldades
Recebo reclamações de torcedores que desejam colocar em dia a sua situação financeira com o clube e estão tendo dificuldades para fazê-lo. Vários deles foram até a sede, mas não encontraram quem pudesse emitir os boletos para pagamento das mensalidades. Sinal que o clube deve estar nadando em dinheiro. Se pode dificultar, pra que simplificar?

Candidaturas
Até agora, somente o atual presidente Flávio Horta e o vice, Flávio Horta Júnior, se manifestaram para tentar a reeleição. Entretanto, um passarinho me contou que um grupo formado por conselheiros e empresários estaria se movimentando para montar uma chapa de oposição. Alguns nomes foram especulados, mas ainda não foram confirmados. A escassez de tempo para as inscrições seria o grande empecilho.

Neto
O prefeito afirmou que desta vez não vai participar das eleições do Voltaço. Segundo Neto, ele estaria abarrotado de problemas para resolver e não tem tempo para se dedicar ou indicar um candidato. Será? Outro nome que foi citado nas redes sociais seria o do ex-presidente Rogério Loureiro. Entretanto, Loureiro não estaria disposto a voltar a assumir o comando do tricolor de aço. Quem poderá representar a família Loureiro é o seu filho Serginho Loureiro, 19 anos, ex-mascote do Voltaço, que pretende se candidatar a uma vaga de conselheiro.

História
Quem contou foi meu amigo Dirceu Gonçalves. Pelos idos de 1980, jogavam Voltaço e Campo Grande, no Raulino de Oliveira. O saudoso Edward de Carlo, a voz de bronze, narrava o jogo pela extinta Rádio Siderúrgica. De repente, um pênalti contra o Campo Grande. Na empolgação, Edward acionou o também saudoso Fernando Lucas: “Em cima do lance, Fernando”. O ‘Cidadão Samba’, como era conhecido, não se fez de rogado e engatou: “Pois é, Edward, o ponteiro Botelho foi soterrado dentro da área, é pênalti”. Para piorar, entra o Dirceu, sacana como sempre e que estava de plantão no estúdio: “Ah, Fernando, eu já vi jogador ser aterrado, mas soterrado é a primeira vez”. O ‘Cidadão Samba’, claro, xingou o Dirceu. Mas em pensamento. É mole?

Barra Mansa
O Barra Mansa continua sua luta para se manter, creia, na quarta divisão do estadual. Depois de ser derrotado pelo Bonsucesso por 3 a 2, em Teixeira de Castro, empatou com o Mageense em 2 a 2, em partida realizada na Toca do Leão. Com isso, Leão está na zona de rebaixamento, na 10ª colocação, com seis pontos, e volta a jogar amanhã, domingo, 23, às 15 horas, contra o Belford Roxo, no Estádio Nélio Gomes.

Master 40 e 60
Chegou a hora da grande final do Campeonato de Master 40 da LDVR. Hoje, sábado, 22, às 15 horas, Santos x Arrozal decidem no estádio Raulino de Oliveira. Já a decisão do Master 60, sábado, 29, a partir das 8 horas, no Campo do Siderlândia. O ingresso será uma caixinha de leite. Colabore.
Stock Car
O piloto Daniel Mageste, de Volta Redonda, está participando dos testes da temporada 2023 da Stock Series, no Autódromo Internacional de Goiânia. A Stock Series é a divisão de acesso da Stock Car Pro Series, maior categoria do continente. Daniel teve a porta aberta pela equipe W2 ProGP (multicampeã na categoria, e campeã 2021 de Pilotos e Equipes da TCR South America).

Acesse
Nossa página ‘Equipe Seleção do Rádio’ e fique por dentro do esporte na nossa região e também do Brasil. Fique atualizado.

Artigo anteriorDura medida
Artigo seguinteGeral
ARTIGOS RELACIONADOS

LEIA MAIS

Seja bem vindo!
Enviar via WhatsApp